Hugol realiza simulação realística de catástrofe com múltiplas vítimas

0 Shares
0
0
0
0

Com o intuito de preparar seus colaboradores para o recebimento de múltiplos vítimas advindas de situação de catástrofe, o Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), unidade da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES), realizou nessa sexta-feira, 06, uma simulação realística que contou com a participação aproximada de 40 profissionais da unidade, 30 figurantes, cinco ambulâncias, corpo de bombeiros e SAMU.
“Esse treinamento focou no que temos de mais essencial na unidade, que é a prática de salvar vidas. Recebemos 20 vítimas graves em um intervalo de 10 minutos e o resultado final superou nossas expectativas, com toda equipe engajada nos mínimos detalhes para tentar tornar esse evento multidisciplinar o mais real possível”, relatou o Gerente de Atendimento ao Paciente do Hugol, Guillermo Sócrates.
A simulação pôs em prática o Plano de Catástrofe e Desastre do Hugol, que envolve diversos colaboradores da unidade e tem o objetivo de assistir pacientes vítimas desse tipo de situação, como acidentes graves de ônibus, queda de avião ou qualquer tipo que envolva múltiplos acidentados. Nesses casos, o hospital mobiliza sua equipe para atender a essas vítimas, utilizando recursos humanos e estruturais necessários para salvar vidas.
“É de suma importância estarmos preparados e capacitados com um plano robusto frente a esse tipo de adversidade, precisando estar em sintonia para melhor assistirmos aos pacientes. Realizamos essa prática resguardando o atendimento oferecido aos pacientes reais da unidade, ajustando a logística e a disponibilidade da equipe para que não houvesse risco ou prejuízo à assistência deles”, explicou Pedro Wilker, Supervisor de Enfermagem da unidade. – Secom Hugol – I5D 7182

0 Shares
You May Also Like