Covid-19: prefeitura de São Paulo recebe doações para programa social

0 Shares
0
0
0
0

A prefeitura de São Paulo lançou hoje (7) o programa Cidade Solidária, voltado para o auxílio de pessoas enquadradas no grupo prioritário do Estratégia de Saúde da Família (ESF). As famílias que pertencem a essa categoria se encontram em situação de extrema vulnerabilidade social, necessitando de proteção durante a pandemia do coronavírus (covid-19).

Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Fernando Chucre, os beneficiários têm o seguinte perfil: idade igual ou superior a 60 anos e estado de saúde fragilizado, com doenças pré-existentes. Ele disse, ainda, que muitos deles são pessoas com deficiência ou que têm algum membro familiar com deficiência e que residem em ocupações.

Como será

Na primeira etapa do programa, a prefeitura coletará produtos para distribuir entre os beneficiários. Qualquer pessoa pode doar cestas de alimentos ou de produtos de higiene e limpeza, que estarão sendo recebidas em oito pontos da cidade, em esquema de drive thru.

Para que todas as famílias sejam atendidas em suas necessidades, as cestas de alimentos e as cestas de higiene e limpeza deverão conter itens específicos, com produtos não perecíveis, como arroz, feijão e macarrão. Caso haja interesse em se fazer uma contribuição em grande quantidade de produtos listados, a orientação é para que se entre em contato com a coordenação do programa.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, diversas entidades já aderiram à mobilização, como a Fundação Tide Setubal, de luta pelo direitos das pessoas que vivem em periferias urbanas, o Instituto Alana, de defesa dos direitos das crianças, a Cruz Vermelha, a União dos Movimentos de Moradia, o banco Itaú e o movimento Todos pela Educação.

Além dessas entidades, outras estão sendo convidadas para participar da ação, que resulta de uma articulação entre as secretarias municipais de São Paulo. – – I1D 10692

0 Shares
You May Also Like