Projeto garantirá água potável a escolas da zona rural da região Norte

0 Shares
0
0
0
0

O Ministério da Cidadania, por meio da Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva, recebeu crédito extraordinário de R$ 86,3 milhões para a promoção de ações de acesso à água em escolas públicas rurais na região Norte, muitas delas localizadas em aldeias indígenas. A ação é emergencial e voltada para o enfrentamento ao novo coronavírus. Sete contratos de repasse, um para cada estado da região (Amapá, Amazonas, Acre, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins), serão possibilitados com a liberação dos recursos. A Caixa Econômica Federal será responsável pelos repasses dos investimentos da União.

Esse é o maior projeto que um Governo já propôs para levar água potável às escolas da região Norte. São 2.300 escolas, o que permite universalizar o acesso e levar água para todas as crianças, afirmou Neusa Kempfer, diretora de Fomento à Inclusão Social e Produtiva Rural do Ministério da Cidadania.

Dos 378 municípios da região Norte elencados, 213 apresentam demanda por água em 2.274 escolas na zona rural. Todas serão atendidas pelo projeto inédito em quantidade de escolas do Governo Federal.

O objetivo da verba é, por meio dos contratos de repasse, que os estados possam contratar a instalação de sistemas de captação e armazenamento de água para a reserva de água visando ao consumo humano em ambiente escolar. Isso inclui serviços de mobilização, seleção e capacitação de beneficiários para manejo dos sistemas de captação e armazenamento e gestão de recursos hídricos armazenados conforme o uso a que se destinam.


Com informações do Ministério da Cidadania

– Agência Brasil – YWD 50784

0 Shares
You May Also Like