Por meio da Lei nº 14.051, de 8 de setembro de 2020, o Governo Federal autorizou a liberação histórica de R$ 5 bilhões em crédito com taxas e prazos diferenciados para empreendedores do setor de turismo no país. Os recursos compõem o Fundo Geral do Turismo (Fungetur), administrado pelo Ministério do Turismo e que, diante da necessidade de garantir um fôlego às empresas e à manutenção de empregos, recebeu suplementação de recursos.

Até o fim de outubro de 2020, R$ 2 bilhões já foram autorizados pelo ministério às instituições financeiras que participam do Fungetur, representando um crescimento de 602% em relação ao que foi ofertado em 2018 (R$ 286,4 milhões).

Esses recursos permitiram o acesso ao crédito por 1.982 empresas, localizadas em 428 municípios de 15 estados brasileiros. A maioria, 99,8%, são Microempreendedores Individuais (MEI) e micro, pequenas e médias empresas. O resultado foi a preservação de mais de 26 mil empregos diretos.

Crédito Emergencial do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA)
Destinação de R$ 400 milhões para apoiar o setor de audiovisual, que foi gravemente impactado pela Covid-19. Os recursos são destinados à manutenção dos empregos e à cadeia produtiva do setor, para financiar os gastos com folha, fornecedores e custos operacionais fixos.



– Agência Brasil – YWD 982752