Recursos federais melhorarão coleta e reciclagem de lixo para mais de 400 mil brasileiros
Via Brasil

O Ministério do Meio Ambiente liberou recursos para ações do programa Lixão Zero em municípios do estado de São Paulo. Mais de R$ 2,2 milhões serão distribuídos entre as cidades de Itapeva, Guaraçaí, São Manuel e o Consórcio Intermunicipal do Extremo Noroeste de São Paulo, com 18 municípios.

Com o objetivo de melhorar a coleta e reciclagem de lixo nesses locais, o recurso será utilizado em obras, aquisição de equipamentos e planos de gestão de resíduos. Ao todo, serão beneficiados mais de 400 mil brasileiros em diferentes regiões do estado.

Entre os equipamentos, estão previstos itens como veículos especializados, prensas e outros itens para a construção e implementação de usina de triagem de resíduos urbanos úmidos.

O tratamento inadequado de resíduos sólidos impacta diretamente o meio ambiente, causando degradação e danos ao solo, água, ar e fauna da região. A saúde da população também é prejudicada pelo descarte inadequado do lixo devido à proliferação de vetores de doenças. Essas melhorias na gestão fortalecem a destinação ambientalmente adequada dos resíduos.

Programa Lixão Zero
O Lixão Zero é um dos eixos da Agenda Ambiental Urbana e opera em diversas frentes, também subsidiando os estados e municípios na gestão dos resíduos sólidos urbanos, com foco na disposição final ambientalmente adequada.

Saiba mais sobre o programa Lixão Zero



Com informações do Ministério do Meio Ambiente

– Via Brasil – YWD 982340