Faltam poucos dias para a primeira etapa de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, mas ainda dá tempo dos candidatos darem um reforço na preparação e revisarem conteúdos para o teste. Para isso, o Ministério das Comunicações firmou uma parceria para transmitir em TV aberta aulões preparatórios para o Enem, chegando também aos candidatos que não têm acesso à internet.

“Sabemos que ainda tem hoje 20% da população que não tem acesso à internet e 96% do Brasil tem TV. Isso significa que a TV Brasil vai poder chegar a 96% dos brasileiros e gratuitamente”, afirmou o ministro das Comunicações, Fábio Faria
A parceria foi firmada pelo ministério com a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e o Governo do Distrito Federal, que é o responsável pelo projeto Maratona Enem, que produz e vincula os aulões pela internet.

Serão quatro dias de aulões transmitidos pela TV Brasil. Quinta-feira (14) e sábado (16) e quinta-feira (21) e sábado (23), sempre de 14h às 18h. Além do conteúdo das disciplinas, os estudantes receberão dicas e informações focadas no que importa na reta final de preparação e nos conteúdos mais frequentes no Enem. Também podem tirar dúvidas ao vivo.

As aulas tem um material de apoio para os estudantes com resumos e as questões que serão resolvidas ao longo da aula. Um QR-Code para baixar o material será exibido na tela durante a transmissão.

“Alguns alunos ficaram sem aula durante esse período de 2020, quase todos ficaram estudando via internet. Sabemos que ainda tem hoje 20% da população que não tem acesso à internet e 96% do Brasil tem TV. Isso significa que a TV Brasil vai poder chegar a 96% dos brasileiros e gratuitamente. Isso é uma parceria que vem numa hora certa”, afirmou o ministro das Comunicações, Fábio Faria.

O Enem
As provas do Enem impresso serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro. As da versão digital do Enem, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. O exame é composto por quatro provas objetivas e uma redação em língua portuguesa. Cada prova objetiva terá 45 questões de múltipla escolha.

Essa é a primeira vez que o exame será aplicado na versão digital e deverá ser feita por mais de 96 mil participantes. – Agência Brasil – YWD 982757