A última seletiva para representar o Brasil na Copa do Mundo de saltos ornamentais – torneio classificatório para a Olimpíada de Tóquio (Japão) – começa nesta quinta-feira (18), às 9h30 (horário de Brasília), no Parque Aquático Maria Lenk, na Barra da Tijuca, zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. O torneio será transmitido ao vivo pelo Canal Olímpico do Brasil.

A Copa do Mundo está marcada para 21 a 26 de abril, em Tóquio (Japão) e será classificatória para a Olimpíada – também na capital japonesa. O evento distribuirá 18 vagas aos saltadores que ainda não se garantiram nos Jogos. O Mundial da Coreia do Sul e os Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru), ambos em 2019, eram outras oportunidades de qualificação olímpica, mas os brasileiros não obtiveram sucesso nos dois torneios.

Cinco atletas atingiram o índice principal da Federação Internacional de Natação (Fina) para a Copa do Mundo na primeira seletiva, em fevereiro do ano passado: Luana Lira, Tammy Galera (ambas no trampolim de três metros), Giovana Pedroso, Ingrid Oliveira (ambas na plataforma de dez metros) e Kawan Pereira (plataforma de dez metros). O quinteto só não será convocados para o evento internacional se outro saltador superar a marca alcançada por eles.

Será o primeiro torneio presencial desde que todo nosso planejamento foi alterado por conta da pandemia [do novo coronavírus]. Acredito que será uma ótima oportunidade dos atletas voltarem a ter contato com a água em competição e possam fazer suas preparações finais para a Copa, afirmou o diretor de Saltos Ornamentais da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), Ricardo Moreira, em depoimento ao site oficial da entidade.

A seletiva na capital fluminense também definirá a seleção que representará o Brasil no Campeonato Sul-Americano de Esportes Aquáticos, que será em Buenos Aires (Argentina). As disputas dos saltos ornamentais estão previstas para o período de 24 a 27 de março. – Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional – YWD 985949