A campanha de vacinação na cidade do Rio de Janeiro atingiu 3,6% da população do município, o que significa que mais de 240 mil pessoas foram imunizadas. A informação é do secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz, que acompanhou hoje (15) a vacinação em idosos de 84 anos no macropolo de vacinação, no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

No local que tem um espaço grande há atendimento com o serviço de drive-thru. “É uma ação super importante porque facilita a vida dos idosos que têm dificuldade de locomoção e também acelera o processo de vacinação na cidade como um todo”, disse o secretário. Ainda no Parque Olímpico, a aplicação das doses pode ser feita nas pessoas que chegarem a pé. Amanhã receberão a primeira dose os idosos com 83 anos.

Nesta segunda-feira, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizou a aplicação da segunda dose da vacina contra a covid-19 no Retiro dos Artistas, em Jacarepaguá, na zona oeste. Segundo a SMS, 101 pessoas, entre residentes da instituição e funcionários, receberam a imunização.

A primeira a ser vacinada no Retiro dos Artistas foi a letrista, escritora e produtora Ana Terra tanto na dose anterior quanto na segunda. “Eu me sinto privilegiada e desejo que todo mundo tenha esse momento de felicidade e alegria. Quero agradecer muito aos profissionais de saúde. Passamos todo esse tempo com muitos cuidados e sem visitas. Valeu o sacrifício”, disse após receber a vacina.

Para o presidente da instituição, o ator Stepan Nercessian, a vacinação levou alívio para todos que moram no Retiro dos Artistas. “Esse complemento é o segundo instante de felicidade. É fundamental para o Retiro, que seguiu radicalmente todo o protocolo desde o início da pandemia. Não tivemos nenhum caso de infecção. Mas é uma alegria triste, fazendo uma referência ao Roberto Carlos, porque não podemos esquecer tudo que está acontecendo. Vamos manter toda a precaução necessária”, comentou.

Muito comovida, a vice-presidente do Retiro, a atriz Zezé Motta, lembrou que antes da vacina os residentes ficaram um tempo longo sem convívios com outras pessoas. “É uma emoção muito grande e um alívio saber que nossos residentes estarão imunizados. E por nós, que ficamos todo esse tempo sem o mesmo convívio. Há momentos em que são imprescindíveis as nossas presenças. É muito emocionante saber que poderemos dar continuidade ao nosso trabalho, que eu chamo de missão”, completou.

Falta de vacinas
O prefeito do Rio, Eduardo Paes, informou hoje (15), que a campanha de vacinação será suspensa na próxima quarta-feira por causa da falta de doses na cidade. Em resposta à Agência Brasil, o Ministério da Saúde informou “que está trabalhando em todas as frentes para garantir que a vacinação contra a covid-19 seja realizada de forma ágil, segura e igualitária”. Na primeira etapa da campanha as doses que estão sendo distribuídas para os estados tiveram o seu uso emergencial aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e disponibilizadas pelos laboratórios.

O ministério não informou qual é a data em que vai receber novas remessas, mas disse que à medida em que os laboratórios disponibilizarem novos lotes de vacina, “novas grades de distribuição e cronogramas de vacinação dos grupos prioritários serão orientados pelo Programa Nacional de Imunizações, conforme previsto no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e disponibilizados em Informes Técnicos enviados aos estados e Distrito Federal”.

Segundo o ministério, até o momento, foram enviadas 11,1 milhões de doses da vacina contra a covid-19 aos estados, que são responsáveis pela distribuição aos municípios, conforme as necessidades e planejamentos locais.

De acordo com o Ministério da Saúde, atualmente, o Brasil tem 354 milhões de doses de vacinas garantidas para 2021 por meio dos acordos com a Fiocruz (212,4 milhões de doses), Instituto Butantan (100 milhões de doses) e do Covax Facility (42,5 milhões de doses), o consórcio da Organização Mundial da saúde (OMS) para o fornecimento de vacinas aos países.

– Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência Brasil – YWD 985724