O estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, recebe neste domingo (14) o primeiro jogo do confronto entre Vila Nova e Brasiliense, válido pela semifinal da edição 2020 da Copa Verde. A bola começa a rolar às 16h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da TV Brasil.

#FutebolTVBrasil
Vem torcer pelo seu time favorito da #CopaVerde na telinha da #TVBrasil! #AoVivo @vilanovafc e @BrasilienseFC se confrontam pela ida das semifinais. #Domingo (14), 16h, na @TVBrasil. Saiba como sintonizar a #EmissoraPública na sua região: https://t.co/LNBnNcWCdp pic.twitter.com/1kYcPxQ0PH
— TV Brasil (@TVBrasil) February 13, 2021

A partida de volta será às 15h30 da próxima quinta-feira (18), no estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF). O duelo estava inicialmente marcado para o outro sábado (20), mas foi reagendado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na última sexta-feira (12), sob alegação de “ajuste de tabela”. Por conta do jogo decisivo contra o Vila, o Brasiliense teve a estreia no Campeonato Distrital, diante do Luziânia, adiada do dia 21 para 24 de fevereiro, às 15h30, no estádio Serra do Lago, em Luziânia (GO).

A CBF alterou a data do jogo de volta entre Brasiliense e Vila Nova, pela semifinal da Copa Verde.

Inicialmente marcada para o próximo dia 20, a partida foi antecipada para o dia 18. O horário e o local foram mantidos.#BrasilienseFC #BSExVIL #CopaVerde pic.twitter.com/2tPuPVlU0i
— Brasiliense Futebol Clube (@BrasilienseFC) February 12, 2021

A queda nas quartas de final do Campeonato Goiano (ainda referente a 2020) na última quinta-feira (11) para o Jaraguá, por 1 a 0, no estádio Amintas de Freitas, em Jaraguá (GO), torna a competição regional ainda mais importante para o Tigre. Só o título, que seria inédito, garante o clube da capital goiana na edição 2021 da Copa do Brasil sem depender do ranking de clubes da CBF, que dá vaga às dez equipes mais bem posicionadas entre as que não estejam classificadas ao torneio nacional.

O campeão da Copa Verde entra direto na terceira fase da Copa do Brasil, o que garante uma premiação de R$ 1,5 milhão. No caso do Brasiliense, esse é outro atrativo da competição regional, além da possibilidade do título que também seria inédito. Atual bicampeão do Distrito Federal, o Jacaré já tem vaga assegurada no mata-mata nacional, mas a partir da primeira fase.

Mais um dia de preparação finalizado ✅🐊

📸 André Gomes/Brasiliense FC#BrasilienseFC #AvanteMeuJacaré pic.twitter.com/5HIvKOeURm
— Brasiliense Futebol Clube (@BrasilienseFC) February 10, 2021

No Vila, o técnico Márcio Fernandes, de contrato renovado após o título da Série C do Campeonato Brasileiro, terá praticamente todo o elenco à disposição. A única ausência é o lateral-esquerdo Igor, que se contundiu durante o Estadual, mas que vinha sendo reserva. A expectativa é que o time base seja o mesmo dos últimos jogos, com: Fabrício; Pedro Bambu, Rafael Donato, Nilson Júnior e Willian Formiga; Yuri, Dudu e Alan Mineiro; João Pedro, Pedro Júnior e Henan.

Expulso na vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-GO, há uma semana, Peu será desfalque no Brasiliense. Como é o único lateral-esquerdo de ofício inscrito na Copa Verde, o técnico Vilson Tadei terá que improvisar. O recém-contratado Mário Henrique está regularizado na CBF, mas não pôde ser inscrito na competição regional. O volante Sandy, que chegou a jogar como lateral (direito) em 2020, é opção. O provável Jacaré terá: Edmar Sucuri; Diogo, Badhuga, Keynan e Sandy; Aldo, Zotti, Wagner Balotelli e Luquinhas; Jefferson Maranhão e Zé Love. – Agência Brasil by Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – YWD 985766