Brasil termina Pan de tiro com arco com vaga olímpica e cinco pódios

0 Shares
0
0
0
0

O Campeonato Pan-Americano de tiro com arco chegou ao fim neste domingo (28) em Monterrey (México) com o vice-campeonato do brasileiro Marcos DAlmeida no arco recurvo masculino. Garantido na Olimpíada de Tóquio (Japão) pela medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru) em 2019, o carioca venceu o chileno Ricardo Pedraza na semifinal, mas perdeu para o colombiano Santiago Arcilla na decisão em solo mexicano.

O Brasil também subiu ao pódio no arco recurvo masculino com Bernardo Oliveira, que derrotou Pedraza na disputa pelo terceiro lugar.
Bernardo Oliveira wins recurve mens bronze at the 2021 Pan Am Championships! 👏🏻 #backtoarchery pic.twitter.com/xVKvLyweea
— World Archery (@worldarchery) March 28, 2021

A delegação brasileira conquistou cinco medalhas no Pan: dois ouros, uma prata e dois bronzes. Na quarta-feira (24), Marcus e Ane Marcelle dos Santos foram campeões nas duplas mistas. Na quinta-feira (25), o pais venceu a disputa por equipes entre os homens (Marcus, Bernardo e Marcelo Costa) e foi bronze por seleções femininas (Ane Marcelle, Ana Machado e Marina Canetta).

Ane Marcelle, inclusive, deixa o México com a vaga assegurada em Tóquio. Natural de Maricá (RJ), ela venceu no sábado (27) o Pré-Olímpico das Américas no arco recurvo feminino, disputado simultaneamente ao Pan. A vitória sobre a argentina Florencia Leithold, nas quartas de final, aliada à derrota da também brasileira Ana Machado na primeira semifinal para a canadense Stephanie Barrett, garantiram a classificação da fluminense, que bateu a equatoriana Adriana Espinosa e a própria Barrett para coroar a campanha com título.

Ane Marcelle Dos Santos won Brazil 🇧🇷 an Olympic quota place for Tokyo 2020 games in Monterrey today. 👏🏼#ArcheryatTokyo pic.twitter.com/8VFaj1tBTa
— World Archery (@worldarchery) March 27, 2021

Estou muito feliz e orgulhosa. Foram muitos anos de treino para conquistar essa vaga. Vim para cá buscar o lugar olímpico para o Brasil. Treinei e me sacrifiquei para estar aqui, comemorou Ane Marcelle, em depoimento à World Archery, a federação internacional de tiro com arco. – Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – YWD 991192

0 Shares
You May Also Like