Assembleia mantém atividades presenciais parcialmente. Serviço interno pela manhã e sessões híbridas à tarde

0 Shares
0
0
0
0

A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) continua na próxima semana (26 a 30 de abril) com suas atividades legislativas e administrativas presenciais funcionando parcialmente. A informação é da Diretoria de Gestão de Pessoas, que segue decisão da Mesa Diretora da Alego. Com isso, as atividades administrativas presenciais continuam no período matutino, das 7 às 13 horas. As sessões plenárias, ordinárias ou extraordinárias, bem como as reuniões das comissões, ocorrerão no período vespertino, de forma híbrida, no horário regimental, mas sem a presença do público em geral, que só poderá acompanhar as atividades através da TV Assembleia, pelos canal 3.2 da TV Aberta ou pelo Canal da TV Alego no Youtube. 
A presença de servidores ou estagiários da Secretaria Geral da Presidência será limitado ao estritamente necessário para o funcionamento de cada seção, podendo ser adotado, por cada chefia imediata, regime de escala e revezamento, de forma a garantir o atendimento e a eficiência na prestação dos serviços.
Nos gabinetes parlamentares, a presença de servidores também deverá ser limitada ao estritamente necessário para garantir o funcionamento e o atendimento das demandas de cada deputado. As atividades dos demais servidores e estagiários continuarão sendo executadas fora das dependências da Assembleia Legislativa, de maneira remota (teletrabalho), na forma da legislação própria.
Também continuam no sistema de teletrabalho, os servidores com mais de 60 anos, os portadores de doenças crônicas ou com comorbidades, as servidoras que comprovarem estado gestacional e funcionários da Alego que forem cuidadores de pessoas que fazem parte do grupo de risco.
Além dos grupos acima listados, outros casos específicos poderão ser analisados pela Diretoria de Saúde e Meio Ambiente do Trabalho. O acesso dos servidores que estarão escalados presencialmente, bem como dos estagiários e integrantes da Assistência Militar, poderá ocorrer tanto pela entrada principal quanto pelo acesso localizado na Rua 29, com o uso obrigatório do crachá de identificação e de máscara de proteção, sob a supervisão da Secretaria de Polícia Legislativa e da Diretoria de Saúde e Meio Ambiente do Trabalho. A entrada de servidores será supervisionada pela Secretaria de Polícia Legislativa e pela Diretoria de Saúde e Meio Ambiente do Trabalho, com aferição obrigatória de temperatura. Somente poderão ter acesso às dependências da Assembleia Legislativa, no período vespertino, os servidores que forem designados para atuar e dar suporte na realização das sessões plenárias e reuniões das comissões.
Todos os servidores deverão usar, obrigatoriamente, máscara de proteção para ingressar nas dependências da Casa e continuar utilizando a proteção durante todo o período de permanência, ficando a Secretaria de Polícia Legislativa responsável por fiscalizar tal determinação, com poderes para restringir a entrada e limitar a permanência dos que não acatarem tal determinação. É de responsabilidade de cada servidor a aquisição de suas próprias máscaras de proteção. Também está sendo recomendado a todos os servidores que mantenham entre si, sempre que possível, a distância mínima de dois metros e que lavem com frequência suas mãos ou as higienizem com álcool em gel 70%, nessa ordem de prioridade.

0 Shares
You May Also Like