Audiência discute vacinação de alunos e profissionais da educação

0 Shares
0
0
0
0
Michel Corvello/Prefeitura de Pelotas
As aulas presenciais estão suspensas na rede pública de muitas cidades

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados discute nesta sexta-feira (30) a vacinação de profissionais da educação e estudantes da rede pública.

O deputado Rogério Correia (PT-MG), que pediu a realização da audiência, afirma que para a retomada presencial das aulas é essencial vacinar alunos e profissionais da educação.

“A situação de colapso do sistema de saúde brasileiro e a falta de coordenação nacional por parte do Ministério da Educação e do Governo Federal impõe ao Congresso Nacional a necessidade de protagonismo junto com governadores e prefeitos para garantir as condições seguras para o retorno presencial das aulas”, afirma o deputado.

Neste mês, a Câmara aprovou diretrizes para o retorno às aulas presenciais. A proposta considera a educação um serviço essencial, que não pode ser interrompido durante a pandemia. O texto ainda precisa ser analisado pelo Senado.

E, no fim do mês passado, foi aprovado o texto-base do Projeto de Lei 1011/20, que estabelece prioridade na vacinação contra a Covid-19 para 16 grupos, entre eles trabalhadores da educação do ensino básico em exercício nos ambientes escolares. Essa proposta ainda aguarda a votação dos destaques apresentados ao projeto.

Debatedores

Foram convidados para discutir o assunto:

– o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga;

– o presidente da Comissão de Educação do Senado, senador Marcelo Castro (MDB-PI);

– o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Vitor de Angelo;

– o vice-presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Marcelo Ferreira da Costa;

– o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo;

– o coordenador-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee), Gilson Reis;

– o presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Iago Montalvão; e

– um representante da Frente Nacional dos Prefeitos.

O debate terá início às 9 horas, no plenário 12, e poderá ser acompanhado ao vivo pelo portal e-Democracia. Os interessados poderão ainda enviar perguntas, críticas e sugestões aos participantes.

0 Shares
You May Also Like