Há 45 anos Alego aprovava criação do município de Acreúna

0 Shares
0
0
0
0

Há exatos 45 anos, em 14 de maio de 1976, era aprovada na Assembleia Legislativa de Goiás, por unanimidade, a Lei Estadual nº 8886, que criava o município de Acreúna.
O município obteve autonomia político-administrativa a partir de sua instalação em 1º de fevereiro de 1977, desmembrado de Paraúna. Antes de ser emancipado, havia sido reconhecido como distrito, criado com a denominação de Acreúna, pela Lei Estadual nº 7477, de dezembro de 1971, a partir daí até 1976 subordinado ao município de Paraúna.
A lei tratava dos limites municipais da recém-criada Acreúna (“começa na barra do Ribeirão Fernandes com o Rio Verde; por este Ribeirão acima, até a barra, com o Córrego Água Boa; pelo Córrego Água Boa acima, até a sua cabeceira; daí, seguindo em rumo reto à cabeceira do Córrego Água Branca; pelo Córrego Água Branca abaixo, até a sua confluência com o Rio Turvo; pelo Rio Turvo abaixo, até sua confluência com o Rio dos Bois; pelo Rio dos Bois abaixo, até sua barra com o Rio Verde; pelo Rio Verde acima, até onde tiveram início estas divisas no Ribeirão Fernandes”) e também das divisas intermunicipais com Paraúna, Jandaia, Edeia, Goiatuba, Santa Helena, Maurilândia e Rio Verde, além das divisas interdistritais.

0 Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like