Adriana Accorsi manifesta indignação com soltura do agressor da jornalista Silvye Alves

0 Shares
0
0
0
0

Ao inaugurar os discursos do Pequeno Expediente da sessão ordinária híbrida desta quarta-feira, 23, a deputada Delegada Adriana Accorsi (PT) manifestou sua indignação pela decisão judicial que colocou o agressor da jornalista Silvye Alves em liberdade, após despacho em audiência de custódia que permitiu, ontem, que o empresário Ricardo Hilgenstieler responda em liberdade pelo inquérito da Polícia Civil.
De acordo com a parlamentar, a Lei Maria da Penha não vem sendo aplicada depois de entrar em vigor em 2006, principalmente no estado de Goiás, que está entre os principais entes federativos com o maior número de casos de violência contra a mulher e onde há o maior número de ocorrências de feminicídio em ambiente doméstico. “Depois da decisão de ontem, a Lei Maria da Penha e o Código Penal foram rasgados”, comentou. Accorsi apontou, ainda, para o número insuficiente de serviços de enfrentamento ao problema em Goiás, lembrando que, em menos de 10% dos municípios goianos, existem unidades de Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher.

0 Shares
You May Also Like