Bruno Peixoto pleiteia criar política para disseminar informações sobre o lúpus

Redação

O deputado Bruno Peixoto (MDB) apresentou na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) o projeto nº 5460/21, no sentido de criar a Política Estadual de Conscientização e Orientação sobre o Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES). A matéria foi encaminhada à Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) e distribuída para relatoria do deputado Dr. Antônio (DEM).
O texto da proposta destaca que o LES é uma doença crônica, autoimune cuja causa não é totalmente conhecida, sendo diagnosticado com base em critérios clínicos e laboratoriais. Provavelmente resulta da interação de fatores genéticos, hormonais, ambientais e infecciosos que levam à perda da tolerância imunológica com produção de autoanticorpos. Trata-se de doença que não tem cura e seu tratamento, além de caro, é muito intenso, trabalhoso e difícil.
O parlamentar destaca ainda que o lúpus pode ocorrer em pessoas de qualquer idade, raça e sexo. Informa que, no Brasil, não há números exatos, mas as estimativas indicam que existam cerca de 65 mil pessoas com lúpus, a maioria mulheres. "É muito comum que a pessoa apresente manifestações gerais como cansaço, desânimo, febre baixa, emagrecimento e perda de apetite. O desconhecimento dos sintomas pela população, a falta de preparo das equipes de saúde primária para o diagnóstico, e as dificuldades de acesso a medicamentos modernos para o tratamento adequado são alguns dos principais problemas enfrentados pelos doentes", anota o parlamentar.
Peixoto diz ainda que com o avanço da medicina e a criação de métodos mais individualizados, num futuro próximo acredita-se que os tratamentos tragam resultados mais eficientes contra a doença. "Como a informação é a melhor ferramenta, divulgar é a forma mais perfeita de cuidar, por isso é tão importante instituir políticas públicas levando conhecimento para entender as necessidades", destaca.

Você pode gostar

A BRASIL EM FOLHAS utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para recomendar conteúdo e publicidade. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies