CCJ dá sinal verde a iniciativas que garantem acesso à internet banda larga a alunos da rede pública

0 Shares
0
0
0
0

A união de esforços dos deputados Helio de Sousa (PSDB) e Adriana Accorsi (PT) pode garantir a gratuidade no acesso à internet das plataformas de Ensino a Distância (EaD), por meio de conexões fixas e móveis de banda larga para estudantes de escola públicas no período da emergência decorrente da pandemia de covid-19. Propositura foi deliberada pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) na reunião desta quinta-feira, 24. 
Ao ser colocado em votação, o projeto de lei nº 4686/21, assinado por Adriana Accorsi, foi apensado ao de nº 3082/20, de autoria de Helio de Sousa, que já teve parecer favorável aprovado pela CCJ. A propositura agora será encaminhada para apreciação do Plenário do Legislativo goiano.
A deputada Delegada Adriana Accorsi ressaltou a importância da proposição para a acessibilidade dos estudantes do sistema público de educação. “É importante ressaltar que, em Goiás, cerca de 40% dos estudantes não têm acesso à internet para acompanhar as aulas remotas. Não podemos deixar quase metade dos alunos goianos sem acesso à Educação”, ressaltou.
O líder do Governo na Assembleia, deputado Bruno Peixoto (MDB), havia apresentado voto em separado rejeitando a matéria, mas após a defesa da parlamentar, retirou seu parecer. Em seguida, o relatório do deputado Delegado Humberto Teófilo (PSL) pelo de apensamento dos projetos foi aprovado pela CCJ.
 

0 Shares
You May Also Like