Comissão aprova projeto que prevê socorro na pandemia a trabalhador que atua em festa junina e Carnaval

0 Shares
0
0
0
0
Gustavo Sales/Câmara dos Deputados
Igor Timo: ideia é favorável ao turismo, pois ajuda a manter tradições

A Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados aprovou na quinta-feira (17) o Projeto de Lei 4219/20, pelo qual a União entregará R$ 3 bilhões aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios para ações emergenciais de apoio ao setor cultural e de serviços ligados diretamente às festas juninas e ao Carnaval.

O relator no colegiado, deputado Igor Timo (Pode-MG), recomendou a aprovação. “A ideia é muito favorável ao turismo, pois ajuda a manter tradição cultivada em longa data, e precisamos garantir que os artífices dessas festas estejam minimamente seguros em suas finanças durante a pandemia”, disse.

Conforme a proposta, de autoria do deputado Bacelar (Pode-BA) e outros seis parlamentares, os recursos poderão ser usados no pagamento de subsídios, prêmios, aquisição de produtos, entre outros fins.

O dinheiro também poderá ser destinado ao pagamento de auxílio emergencial às pessoas que trabalham nessas duas festas populares (três parcelas de R$ 600). A mulher chefe de família terá direito a três parcelas de R$ 1.200.

O projeto foi inspirado na Lei Aldir Blanc, que destinou R$ 3 bilhões para o setor cultural. Essa lei já permite o uso dessa ajuda em festas juninas e Carnaval, mas os autores alegaram que os valores serão pequenos diante de toda a demanda.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Cultura; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

0 Shares
You May Also Like