Comissão de Saúde visitou a Santa Casa de Goiânia, na manhã desta terça-feira, para averiguar denúncias recebidas pelo colegiado

0 Shares
0
0
0
0

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Goiás realizou, na manhã desta terça-feira, 22, uma visita técnica à Santa Casa de Misericórdia de Goiânia, localizada na Rua Campinas, 1.135, no setor Americano do Brasil. O objetivo foi verificar, in loco, denúncias em relação a algumas situações que estariam ocorrendo na unidade de saúde. 
O presidente do colegiado, deputado Gustavo Sebba (PSDB), foi recebido pela superintendente geral da Instituição, Irani Ribeiro de Moura; pelo superintendente administrativo, Irondes José de Morais; e pelo supervisor técnico, André Luiz Carneiro, os quais auxiliaram o parlamentar perante as questões apresentadas.
Gustavo Sebba explicou que a visita se deu com o objetivo de entender melhor a unidade, seus convênios e funcionamento para, diante disso, propor alternativas e soluções que possam auxiliar na melhoria da saúde pública em Goiás. “Nos chegaram algumas denúncias de pacientes que dependem da saúde pública, em especial da Santa Casa, os quais tiveram algum tipo de dificuldade e a gente já está averiguando isso, buscando informações. Já solicitei dados da Secretaria Estadual de Saúde, conversei com alguns profissionais da Santa Casa e hoje estou aqui pessoalmente para conversar com a diretoria e solicitar algumas informações”, explicou o deputado.
O superintendente administrativo, Irondes José de Morais, diante das solicitações apresentadas por Gustavo Sebba, se prontificou a apresentar qualquer informação ou dado que o deputado julgar necessário, desde que a demanda seja formalizada. “A formalização destas questões é importante para que possamos pontuar as respostas e apresentar os documentos que comprovem tudo aquilo que estamos respondendo. Isso é importante tanto para nós, que poderemos ter um retorno deste trabalho, assim como para Comissão de Saúde da Assembleia que poderá utilizar esses documentos para elucidar qualquer questão que julgar necessária”, pontuou.
A superintendente geral, Irani Ribeiro de Moura, avaliou as solicitações apresentadas como absolutamente normais e que as recebe com satisfação. “É uma oportunidade que nos é dada de mostrar o que já fizemos e o que estamos fazendo. Fico feliz de poder responder todas as perguntas que foram apresentadas e poder receber as cobranças que a população nos encaminha. Isso nos fortalece pois a cada dia, e conhecendo melhor a realidade da Instituição, mais entidades se dispõem a ajudar em nosso trabalho. Temos uma gestão transparente, responsável e humanizada, e é em defesa disso que trabalhamos”, disse.
Ao finalizar a conversa com os diretores, o parlamentar fez uma visita por todas as dependências da Santa Casa e em entrevista à Assembleia de Notícias destacou que neste primeiro contato foi encontrado o caminho para que a Comissão possa colaborar com a melhoria dos problemas apresentados pelas denúncias. “Vamos formalizar as questões que temos e, tão logo os dados financeiros dos recursos públicos destinados a unidade nos sejam apresentados, iremos elaborar um relatório técnico mostrando o que está acontecendo e onde se encontra algum possível gargalo”, informou.
Sebba destacou, ainda, que a Santa Casa, por ser uma referência e uma unidade de saúde da qual o Estado é muito dependente, ao final do trabalho de juntada de dados, será proposta uma audiência pública para que sejam apresentados os resultados encontrados e apresentadas as soluções. “Aqui temos competentes e dedicados profissionais e, por algum motivo percebemos que estão passando por dificuldades, então queremos entender o motivo dessas dificuldades e tentar propor caminhos que possam melhorar a saúde pública. Quando tivermos em mãos  todas as informações técnicas e os dados financeiros iremos propor uma audiência pública com a presença da Secretaria Estadual de Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, dos conselhos regionais de medicina, entre outros, para que possamos apontar o fluxo correto dos recursos para que estes cheguem onde importa que é em serviços prestados à população” destacou o deputado.
 

0 Shares
You May Also Like