Comissões discutem consequências do cancelamento do carnaval e do São João

0 Shares
0
0
0
0
Mayke Toscano/Governo de Mato Grosso
São João foi prejudicado pela pandemia

As comissões de Turismo; e de Cultura da Câmara dos Deputados se reúnem nesta terça-feira (22) para discutir a proposta (PL 4219/20) de ações emergenciais para compensar os setores de cultura e de serviços pelo cancelamento do carnaval e do São João neste ano, em função da pandemia.

O deputado Igor Timo (Pode-MG), 1° vice-presidente e autor do requerimento para realização do debate pela Comissão de Turismo, destaca que o PL 4219/20, de autoria de deputados de diversos partidos, destina R$ 3 bilhões para ações de apoio aos trabalhadores ligados diretamente aos dois eventos.

“O PL foi inspirado na Lei Aldir Blanc, já em vigor; e a ideia principal é criar uma espécie de auxílio emergencial às pessoas que trabalham nas duas festas populares”, explica a deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), que propôs o debate na Comissão de Cultura e preside o colegiado.

Os parlamentares ressaltam que só no carnaval o turismo do feriado e a festa em si costumam movimentar cerca de R$ 8 bilhões e gerar milhares de empregos temporários.

Foram convidados para o debate:

o presidente da Estação Primeira de Mangueira (RJ), Elias Riche;
o historiador e escritor Célio Turino;
o cantor Zelito Miranda;
o presidente do Olodum, João Jorge; e
o presidente da Federação das Agremiações do Carnaval da Bahia, Weslen Moreira.

A reunião acontece no plenário 8, às 14 horas.

0 Shares
You May Also Like