Congresso recebe projeção pelo Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+

0 Shares
0
0
0
0
Roque de Sá/Agência Senado
Câmara e Senado iluminados em campanha contra o preconceito

O prédio do Congresso Nacional recebe nesta segunda-feira (28) projeção das cores da bandeira LGBTQIA+ (roxo, azul, verde, amarelo, laranja e vermelho) em alusão ao Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, celebrado hoje.

A projeção ocorre das 19 às 21 horas. Logo após, os prédios da Câmara e Senado voltam a ficar iluminados pela cor verde, parte da campanha em defesa do Meio Ambiente.

LGBTQIA+ é a sigla para lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, “queer” (quem transita entre as noções de gênero), intersexo, assexuais e outras variações (representadas pelo +).

Nesta segunda e na terça (29), o Congresso também realiza o 18° Seminário LGBTQIA+.

Origem da data
A data foi criada em homenagem a um dos episódios mais marcantes na luta da comunidade LGBTQIA+ pelos seus direitos – a rebelião de Stonewall Inn. O movimento, considerado o “marco zero” da luta por igualdade civil dos homossexuais no século 20, ocorreu em 1969, em Nova York, como resposta a uma série de invasões e prisões da polícia em bares gays da cidade.

A rebelião de Stonewall Inn deflagrou uma série de protestos semelhantes em várias cidades americanas. No ano seguinte (1970), foi organizada a 1ª Parada do Orgulho Gay.

Nas últimas décadas, o Brasil registrou avanços importantes como o direito ao casamento civil e à adoção de crianças por casais homossexuais; e a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), em 2019, que tornou crime a homofobia e transfobia.

Apesar dos avanços, o País ainda aparece com destaque no ranking dos países com maiores índices de violência contra pessoas LGBTQIA+.

0 Shares
You May Also Like