Copa do Brasil: Fla estreia com vitória e Atlético-MG elimina Remo

Redação

O Flamengo saiu na frente do Coritiba no confronto pela terceira fase da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (10), o Rubro-Negro venceu o Coxa por 1 a 0 no Couto Pereira, em Curitiba, passando a ter a vantagem do empate na partida de volta, na próxima quarta-feira (16), às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro.

FIM DE PARTIDA NO COUTO PEREIRA! O Mengão vence o Coritiba por 1 a 0 com gol de Rodrigo Muniz no jogo de ida da Terceira Fase da Copa do Brasil. VAMOOOOOOOOOOOS! #CRF #VamosFlamengo

📸 @AlexandreVidal1 / CRF pic.twitter.com/tYpOylZ9DQ

— Flamengo (@Flamengo) June 10, 2021

Com exceção do meia Everton Ribeiro, o time carioca atuou sem os jogadores convocados para representar as respectivas seleções (principal e olímpica) na última data Fifa: o zagueiro Rodrigo Caio, o lateral Mauricio Isla, o volante Gerson, o meia Giorgian de Arrascaeta (que contraiu o novo coronavírus) e os atacantes Pedro e Gabriel Barbosa. Este último teve um edema muscular na coxa direita diagnosticado pelos médicos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e não se apresentou na última quarta-feira (9) – como esperava o clube – para ser avaliado pelo departamento clínico da própria agremiação.

Diante do Coritiba, o escolhido para o lugar de Gabigol foi Rodrigo Muniz. Quis o destino que fosse dele o gol que abriu o placar no Couto Pereira. Aos 15 minutos, em meio a pressão rubro-negra, Vitinho cobrou escanteio e o também atacante, de 20 anos, mandou de cabeça para as redes. O garoto teria marcado o segundo, aos 42 minutos, completando na pequena área um cruzamento rasteiro de Bruno Henrique, mas a arbitragem assinalou impedimento do atacante na origem da jogada, ao receber o passe do lateral Matheuzinho na direita.

EU TÔ MUNIZADOOOOOOOOOO! MEU GAROTO! O GOL DE @RodrigoMuniz019 PELAS LENTES DO ESTAGIÁRIO! BOAAAAAAA! #CFCxFLA #VamosFlamengo pic.twitter.com/H3adHpVpdO

— Flamengo (@Flamengo) June 10, 2021

O Flamengo seguiu no campo de ataque no segundo tempo, ainda que sem a mesma facilidade de antes do intervalo para infiltrar na área coxa-branca. Diego, Everton Ribeiro e Vitinho tentaram de longa distância, mas pararam no goleiro Wilson. No Coritiba, as entradas dos atacantes Tailson, Waguininho e Dalberto melhoraram a equipe, mas foram insuficientes para buscar o empate. Nos acréscimos, o time paranaense ainda teve o zagueiro Nathan Ribeiro expulso.

Os dois times voltam a campo no domingo (13) pelas respectivas divisões nacionais. O Flamengo recebe o América-MG, no Maracanã, às 16h, pela terceira rodada da Série A. Mais tarde, às 20h30, o Coritiba joga em casa diante do Londrina pela terceira rodada da Série B.

Galo despacha Leão

Também nesta quinta-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte, o Atlético-MG voltou a derrotar o Remo, desta vez por 2 a 1, garantindo a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil. Na partida de ida, disputada na quarta-feira passada (2), no Baenão, em Belém, o Galo havia vencido por 2 a 0.

Podem vir, #OitavasDeFinal! 👊😎

O @Atletico é mais um clube com vaga garantida para a próxima etapa! 💪🐔

📸 Staff Images#CopaIntelbrasDoBrasil pic.twitter.com/mK8hOpuAcK

— Copa Intelbras do Brasil (@CopadoBrasil) June 10, 2021

Assim como o Flamengo, o Atlético teve que lidar com desfalques por conta da data Fifa e de convocações para a Copa América. Casos do zagueiro paraguaio Junior Alonso, do volante equatoriano Alan Franco e dos atacantes Eduardo Vargas (chileno) e Jefferson Savarino (venezuelano). Já os laterais Guga e Guilherme Arana, que defenderam a seleção olímpica do Brasil nos dois amistosos em Belgrado (Sérvia), foram poupados. Por fim, o meia Matías Zaracho testou positivo para a covid-19 e também ficou fora.

Os mineiros resistiram à marcação pressão do Leão Azul e saíram na frente aos nove minutos, com o zagueiro Rever completando, de cabeça, a cobrança de escanteio do meia Hyoran. Aproveitando os espaços, o Atlético desperdiçou várias chances. Entre os 30 e 35 minutos, os anfitriões acertaram incríveis três vezes a trave. Primeiro, em chute do atacante Keno, na área. Depois, em desvio sem intenção do lateral remista Thiago Ennes. Por fim, em cabeçada do meia Nacho Fernández. A punição veio no golaço do zagueiro Romércio, que aproveitou um erro alvinegro na saída de bola e arrematou de fora da área, aos 44 minutos, para deixar tudo igual.

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLLL DOOOOO GAAAAAAAAAAAAAAAAAAALLLLLLLLLOOOOOOOOOOO!!!

RÉVEEER!!! O ATLÉTICO ABRE O PLACAR NO MINEIRÃO! #VAMOGALO pic.twitter.com/hjbuDWbmoZ

— Atlético 😷 (@Atletico) June 10, 2021

A reação dos visitantes parou aí. Aos quatro minutos da etapa final, Rever foi derrubado pelo zagueiro Rafael Jansen na área. O atacante Hulk cobrou a penalidade e recolocou o Atlético na frente. Aos 29, o Remo teve a oportunidade de igualar novamente, em pênalti cometido pelo volante Jair, por mão no braço dentro da área. O meia Felipe Gedoz bateu, mas o goleiro Everson fez a defesa. A partir daí, o Galo só administrou o resultado e a classificação à próxima fase.

Ambas as equipes têm compromissos neste domingo, às 16h. Pela Série A, o Atlético enfrenta o São Paulo no Mineirão. Na Série B, o Remo visita o Botafogo no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Os duelos são válidos pela terceira rodada das respectivas competições.

Você pode gostar

A BRASIL EM FOLHAS utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para recomendar conteúdo e publicidade. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies