Humberto Teófilo diz que reposição de servidores para Segurança Pública prevista na LDO é insuficiente

0 Shares
0
0
0
0

Nesse momento, os participantes da reunião híbrida extraordinária da Comissão de Tributação, Finanças e Orçamento discutem o projeto relativo à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício financeiro de 2022. A matéria, protocolada na Assembleia Legislativa sob o nº 5100/21, foi relatada pelo deputado Amauri Ribeiro (Patriota), que apresentou parecer favorável. 
O deputado Delegado Humberto Teófilo (PSL) protestou contra rejeição de emenda de sua autoria, onde propôs a reposição de 6.500 servidores para a Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO). 
“Gostaria de manifestar a minha indignação pela rejeição da minha emenda. A LDO apresenta a quantidade pífia de 3.939 reposições em caso de vacância. A Segurança Pública está um caos. Vamos entrar no último ano de governo e nada de concurso público. Queremos saber como eles vão fazer com as 800 vagas do cadastro de reserva da Polícia Militar que aprovamos, aqui, e como vão fazer para realizar as progressões e as promoções”, salientou Teófilo.
O presidente da Comissão, Thiago Albernaz (Solidariedade), explicou a Humberto Teófilo que, no relatório do deputado Amauri Ribeiro, foi acatada emenda com parte das propostas apresentadas por ele. “Obviamente, respeitando o limite de gastos aprovado por esta Casa”, frisou Albernaz.

0 Shares
You May Also Like