Para Amauri Ribeiro, PEC da NRF é necessária para o equilíbrio das contas do Estado

0 Shares
0
0
0
0

Ao discursar na sessão extraordinária realizada nesta terça-feira, 29, o deputado Amauri Ribeiro (Patriotas) defendeu a aprovação do Projeto de Emenda Constitucional 5487/21, que institui o Novo Regime Fiscal (NRF). Segundo ele, a realidade do Estado mostra que tudo que o Governo está propondo é por necessidade.
De acordo com o parlamentar, em 2017 foi feito um acordo entre os governos federal e de Goiás, para que o Teto de Gastos não fosse ultrapassado, o que não foi cumprido pelo Estado, em 2018. E continuou dizendo que pelo desrespeito ao acordo, o Governo do Estado foi multado em mais de R$ 1 bilhão, dívida que foi herdada pelo Governo de Ronaldo Caiado.
Para Ribeiro, dizer que a PEC vai quebrar a Previdência do Estado, não se justifica, porque a Previdência já foi entregue ao atual Governo com um déficit de mais de R$ 200 milhões. Ele entende que a flexibilização feita em 2017 e 2018, foi que provocou a necessidade de um ajuste, que está sendo proposto agora.
O deputado disse, ainda, que ao fim da atual gestão, o Estado será entregue ao povo goiano, diferente de como foi recebido, em 2019. E disse acreditar que muito será feito pelo Estado no atual Governo, trazendo reflexos positivos para a população.

0 Shares
You May Also Like