Semana de integração dos novos servidores encerra programação na segunda-feira, com aula presencial na Escola do Legislativo

0 Shares
0
0
0
0

A programação da 6ª Semana de Integração dos Servidores da Assembleia Legislativa prossegue até a segunda-feira, 21. Promovido pela Escola do Legislativo, o evento é voltado aos analistas e assistentes legislativos nomeados em 2021, a fim de que conheçam o funcionamento do Parlamento estadual.
O evento tem carga horária de nove horas para os servidores da Polícia Legislativa e seis horas para os demais. A programação ocorreu, durante essa semana, de forma remota pela plataforma Microsoft Teams. Na próxima segunda-feira, 21, os novos servidores da Polícia Legislativa  participarão da atividade de forma presencial na sala de aula da Escola do Legislativo.
Os novos servidores da Alego, aprovados no concurso realizado em janeiro de 2019, começaram a ser empossados no dia 19 de abril. Na oportunidade, assumiram suas funções seis novos funcionários, que assumiram as respectivas atividades de forma imediata. Na primeira fase, foram  convocados 12 aprovados, conforme acordado entre o Poder Legislativo e o Ministério Público de Goiás, por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Os outros seis nomeados tomaram posse no dia 3 de maio.
Dos servidores empossados estavam os cargos de enfermeiro do trabalho, engenheiro do trabalho, fisioterapeuta, médico do trabalho, técnico em enfermagem do trabalho, técnico em segurança do trabalho, além de seis na Polícia Legislativa. Dentre esses, um assistente legislativo ocupa a vaga destinada a pessoa com deficiência.  
Programação:
Dia 21 de junho (segunda-feira) – Área específica: Polícia LegislativaAtividade presencial na sala de aula da Escola do Legislativa09h – Abertura9h05 – “Apresentação da Polícia Legislativa” com o professor Léslio César de Moraes, da Secretaria de Polícia Legislativa.11h20 – Encerramento
Léslio César de Moraes é bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-Goiás), bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Salgado de Oliveira, pós-graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Faculdade Anhanguera. Estudos em Direito Penal e Processual Penal pela Academia de Polícia de Goiás, Criminologia pela UFG, Gestão Competitiva em Marketing pela Universidade Salgado de Oliveira, Metodologia de Ensino Superior – Curso complementar para capacitação de docentes pela Universidade Salgado de Oliveira.
Concurso
O Legislativo estadual publicou os editais do concurso em novembro de 2018, com prazo final das inscrições em dezembro daquele ano. Os três editais contemplaram o preenchimento de 80 vagas para profissionais de nível médio, técnico e superior, além da composição de cadastro de reserva. O certame foi realizado pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades).
As 80 vagas foram distribuídas da seguinte forma: 42 para analista legislativo, cargos de nível superior; 36 para assistente legislativo, de nível médio e técnico; e ainda duas para procurador de 2ª Classe. As vagas foram distribuídas entre as seguintes áreas:
Cargos de nível médio e técnico: Policial Legislativo, Técnico em Enfermagem do Trabalho, Técnico em Segurança do Trabalho e Tradutor-Intérprete de Libras;
Cargos de nível superior: Arquiteto, Arquivologista, Assistente Social, Cirurgião-Dentista, Comunicador Social, Contador, Enfermeiro do Trabalho, Engenheiro Civil, Engenheiro do Trabalho, Engenheiro Eletricista, Fisioterapeuta, Médico Cardiologista, Médico Clínico, Médico do Trabalho, Médico Ginecologista, Médico Ortopedista, Médico Psiquiatra, Psicólogo Organizacional, Revisor Ortográfico, Segurança da Informação e Procurador de 2ª Classe.

0 Shares
You May Also Like