Governadoria quer instituir microrregiões de saneamento básico em Goiás

0 Shares
0
0
0
0

Um dos projetos que serão apreciados pela Assembleia Legislativa durante o período de convocação extraordinária, que se inicia nesta sexta-feira, é o de  nº 6306/21, oriunda da Governadoria, que institui as microrregiões de Saneamento Básico do Centro-Oeste e Centro-Leste de Goiás.
De acordo com o texto da matéria, o objetivo é garantir que as determinações da Lei Federal nº 14.026, de julho de 2020, sejam cumpridas. Além disso,  também é propósito do projeto, ainda segundo sua justificativa, buscar superar os obstáculos das desigualdades do acesso aos serviços de saneamento básico por meio de sua regionalização em Goiás com aplicação nas microrregiões.
O governador Ronaldo Caiado (DEM) ressalta, ao encaminhar a matéria a Assembleia Legislativa, que o objetivo da regionalização por microrregião é o planejamento acompanhado da provisão dos serviços de saneamento básico de maneira isonômica. “Isso resulta no fortalecimento dos laços de solidariedade entre os entes políticos, na redução das desigualdades regionais e sociais e também na garantia do cumprimento dos padrões e das metas de universalização definidas pelo novo marco legal do saneamento básico”, tratou Caiado.

0 Shares
You May Also Like