Helio de Sousa defende importância do contraditório e avalia trabalhos parlamentares durante a convocação especial

0 Shares
0
0
0
0

Oitavo a discutir matéria na sessão extraordinária desta terça-feira, 20, o deputado Helio de Sousa (PSDB) aproveitou a oportunidade para fazer um breve balanço das discussões realizadas ao longo do período de convocação especial do Governo. Na ocasião, estava em discussão o projeto nº 6305/21, que cria simultaneamente, em Goiás, a Bolsa Qualificação, a Bolsa Alfabetizador e o Auxílio Alimentação.
Embora nem sempre de acordo com o resultado das votações, ele defendeu a importância do contraditório e se mostrou particularmente satisfeito com a condução dos trabalhos parlamentares ao longo desses três últimos dias.
“Votamos matérias interessantes, especialmente esse pacote de investimentos na alfabetização, ao qual fui altamente favorável. De fato, é preciso investir mais nas crianças com déficit de aprendizagem e, com isso, torcer para que, num futuro próximo, o analfabeto funcional seja coisa do passado”, defendeu o parlamentar.
Por outro lado, Helio disse desaprovar veementemente o projeto que prevê subvenção econômica a estatais que serão privatizadas. Ele finalizou sua intervenção, externalizando a sua aprovação às modificações na estrutura da Agência Goiana de Habitação (Agehab). “Se a Saneago for privatizada, correremos o risco de que pequenos municípios não tenham condições de entregar moradias populares por falta de dinheiro para investir em infraestrutura de saneamento básico, por exemplo. Por isso, considero justo que a Agehab puxe para si essa responsabilidade”, justificou.

0 Shares
You May Also Like