Adriana Accorsi quer instituir campanha de combate a violência contra mulheres e meninas

0 Shares
0
0
0
0

Instituir, no estado de Goiás, a campanha da Organização das Nações Unidas (ONU) do Dia Laranja, no dia 25 de cada mês, visando o combate da violência contra mulheres e meninas. A proposta é da deputada Delegada Adriana Accorsi (PT), através do projeto de lei nº 6738/21, em tramitação na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).

“No Brasil, duas mulheres são assassinadas a cada hora e 526 são vítimas de agressão física, de acordo com a ONU. O Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta que Goiás está entre os dez estados com maiores índices de violência contra mulheres e meninas”, coloca Adriana Accorsi, ao justificar sua iniciativa.

“Com a pandemia da covid-19, dadas as dificuldades da situação emergencial, os riscos de violência contra a mulher aumentaram: apurações do Banco Mundial apontam um aumento de 22,2% nos registros de feminicídio e 27% nas denúncias (Ligue 180) e a superação da desigualdade de gênero, que levaria 99,5 anos, passou para 136,5 anos, segundo relatório do Fórum Econômico Mundial, devido à carga de trabalho que recai desproporcionalmente sobre as mulheres”, anota a petista.

Ela registra, ainda, que, percebendo a gravidade da situação, o Programa de Extensão Politizar, coordenado pela professora Laís Thomaz, da Universidade Federal de Goiás (UFG), tomou a iniciativa, em abril de 2021, de pedir a adesão da UFG para a mobilização e adesão à campanha permanente “UNA-SE pelo Fim da Violência contra as Mulheres até 2030” da ONU. Esta campanha objetiva criar um futuro livre de violência de gênero.

O “Dia Laranja” faz parte desse movimento e ocorre nos dias 25 de todos os meses, alertando para a necessidade de atuar em diversos níveis para prevenir e eliminar todas as formas de violência contra mulheres e meninas.

A parlamentar informa esse movimento também obteve o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), que formalizou seu apoio à causa de enfrentamento no dia 25 de maio de 2021, com sua adesão à campanha do Dia Laranja a partir de ato virtual com as primeiras-damas de municípios goianos e representantes do Pacto Todos por Elas. “Com essa lei, a expectativa é que as atividades sejam intensificadas mensalmente no estado de Goiás, mas principalmente no dia 25 de novembro, Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher.”

Lida em plenário na sessão do dia 11 passado, a proposição está na Secretaria de Apoio Parlamentar, tendo sido publicada.

0 Shares
You May Also Like