Alysson Lima lamenta ausência de trabalho de fiscalização na Assembleia

0 Shares
0
0
0
0

Ao inaugurar o Pequeno Expediente desta quinta-feira, 19, o deputado Alysson Lima (Solidariedade) frisou pedido para que se registrasse em ata e externou seu descontentamento pelo que considera como ausência da função fiscalizadora da Alego, através da instalação de comissões parlamentares de inquérito, durante o período da crise pandêmica.

“Precisamos cumprir fundamentos da Constituição Estadual e do Regimento Alego no que diz respeito à investigação e fiscalização. Temos a deliberação de projetos de lei importantes no enfrentamento da pandemia, apresentação de emendas, mas a Assembleia perdeu sua característica nesses últimos dois anos. Não temos nenhuma CPI aberta nessa Casa, é uma das poucas do Brasil que não está executando esse trabalho”, observou o parlamentar.

Alysson Lima considerou como brilhante e responsável a atuação de deputados da oposição como os delegados Humberto Teófilo (PSL) e Adriana Accorsi (PT), Helio de Sousa (PSDB) e Antônio Gomide (PT), contudo, lamentou que não conseguem reunir assinaturas suficientes para instalação de CPIs. Ele defende que assuntos como a aplicação de recursos federais para o combate ao novo coronavírus, o transporte público na Região Metropolitana e o ICMS dos combustíveis deveriam ser objetos de investigação parlamentar.

0 Shares
You May Also Like