FOTO: Claudivino Antunes

Balanço do 2º trimestre mostra agilidade de Aparecida na vacinação contra covid

0 Shares
0
0
0
0

O número de vacinas contra covid-19 aplicadas pela Prefeitura de Aparecida cresceu 86% nos últimos três meses, passando de 41.878 doses injetadas em abril, para 77.911 em junho. É o que apontam dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) consultados na plataforma COVID-19 Vacinação Doses Aplicadas, do Ministério da Saúde, que adquire e distribui as vacinas aos municípios, através dos governos estaduais.

Neste segundo trimestre, a média diária de doses ministradas subiu de 1.395 em abril, para 2.597 em junho. De acordo com a SMS, Aparecida já imunizou totalmente 20,87% da população maior de 18 anos. Um em cada cinco aparecidenses adultos recebeu as duas doses ou a dose única da vacina. Conforme dados populacionais do IBGE, Aparecida tem 422.666 habitantes aptos a receber a vacina contra covid.

Com 237.323 vacinas administradas como 1ª dose, Aparecida já aplicou o imunizante em mais da metade (56%) da população adulta. Para o prefeito Gustavo Mendanha, os números refletem uma ampla adesão dos aparecidenses à campanha de vacinação.

“Nos últimos meses, o governo federal tem enviado um número maior de doses para Aparecida. E elas estão chegando com mais frequência, sendo distribuídas pela Secretaria Estadual de Saúde. Aqui em Aparecida, o nosso lema é vacina recebida, vacina aplicada. Para isso, preparamos uma grande estrutura, que nos possibilita aplicar as vacinas tão logo elas cheguem ao município”, afirma diz o prefeito Gustavo Mendanha.

O gestor enaltece a adesão da população à campanha vacinal. Gustavo Mendanha explica que quanto mais rápido as pessoas convocadas comparecem aos postos de vacinação, mais condições o município tem de ampliar as faixas etárias. Com isso, a cidade vai aumentando a cobertura vacinal, e no menor tempo possível.

Conforme os dados repassados pela SMS ao Ministério da Saúde, Aparecida amplia sistematicamente o número de doses administradas mês a mês, desde janeiro, quando o Brasil começou a campanha de imunização. Em Aparecida, foram aplicadas 5.394 doses em janeiro; 15.740 em fevereiro; outras 31.915 doses em março; mais 41.878 em abril; 48.655 doses injetadas em maio; e 77.911 vacinas em junho.

Superintendente de Vigilância em Saúde de Aparecida, Daniela Ribeiro ressalta que, tirando a vacina de dose única, nos demais casos a imunização só fica completa com a segunda dose. “É muito importante ficar atento ao calendário da segunda dose, para não perder a data. E mesmo que esse prazo já tenho passado, a pessoa deve comparecer para tomar a segunda dose e completar o seu esquema vacinal”, reforça Daniela.

Atual público-alvo

Aparecida segue imunizando o grupo acima de 30 anos, bem como gestantes, puérperas, profissionais de saúde e da educação e pessoas com comorbidades ou deficiência que porventura ainda não foram imunizadas. Por enquanto, até chegarem novas doses ao município, a vacinação ocorre apenas por agendamento.

Os interessados devem agendar pelo aplicativo “Saúde Aparecida”. O acesso pode ser feito pelo site da Prefeitura (aparecida.go.gov.br). As vagas para novos agendamentos são liberadas de segunda a sexta, após às 17h.

Ao agendar, a pessoa pode escolher receber o imunizante nas Unidades de Saúde (UBS’s) dos setores Andrade Reis, Jardim Olímpico, Bairro Cardoso, Jardim Florença e Veiga Jardim ou na Central Municipal de Imunização. Para vacinar, é preciso apresentar documento de identidade, Cartão SUS e comprovante de endereço de Aparecida.

“Assim que o estoque municipal for reforçado, nós voltaremos a vacinar também sem agendamento nos drive-thrus da Cidade Administrativa e do Centro de Especialidades”, informa a superintendente de Vigilância em Saúde, Daniela Ribeiro.

0 Shares