Comissão debate distribuição de cateter hidrofílico pelo SUS

0 Shares
0
0
0
0
A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência debate na terça-feira (17) a dispensação de cateter hidrofílico pelo SUS.  Um cateter hidrofílico possui um revestimento que, com a adição de água, torna possível a inserção praticamente sem fricção e a remoção do cateter sem o uso de um gel lubrificante, o que ajuda a reduzir o risco de infecções do trato urinário.

A incorporação do insumo pelo SUS foi aprovada em fevereiro de 2019 e deveria estar disponível na rede em janeiro de 2020. No entanto, conforme o deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG), que pediu o debate, até o momento, nenhuma medida foi efetivamente adotada pelo Ministério da Saúde.

Foram convidados, entre outros:

– o doutor em Urologia pela Unifesp e Chefe do Departamento Inflamação – Infecção Sexualmente Transmissível (IST) da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), José Carlos Truzzi;

– o atleta Paralímpico Rio 2016 de Rugby em Cadeira de Rodas, integrante da seleção brasileira de Rugby e usuário de cateter, Rafael Hoffmann;

– o presidente da Associação dos Policiais Militares com Deficiência do Estado de São Paulo (APMDFESP), Alexandre Miragaia de Araújo;

 

0 Shares
You May Also Like