Comissão discute projetos sobre jornada e piso salarial de psicólogos

0 Shares
0
0
0
0

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados promove audiência pública na segunda-feira (30) para discutir dois projetos de lei relacionados à atividade profissional dos psicólogos.

O primeiro (PL 2079/19), de autoria do deputado Mauro Nazif (PSB-RO), fixa em R$ 4.650 o piso salarial da categoria, a ser reajustado no mês de publicação da futura lei, pela variação acumulada do INPC de fevereiro de 2009; e anualmente, a partir do ano subsequente ao do primeiro reajuste, pela variação acumulada pelo INPC nos doze meses imediatamente anteriores.

A outra proposta (PL 1214/19), da deputada Erika Kokay (PT-DF), limita a carga de trabalho dos psicólogos a 30 horas semanais.

O debate é uma iniciativa da própria Erika Kokay e da deputada Rejane Dias (PT-PI). “O estabelecimento da jornada de trabalho e a garantia do piso salarial constituem justas reivindicações da categoria, cujo atendimento é essencial não apenas para a garantia da qualidade dos serviços prestados à sociedade, como também para assegurar melhores condições de trabalho a eles”, dizem as parlamentares.

Convidados
Foram convidadas para a audiência:
– a presidente do Conselho Federal de Psicologia, Ana Sandra Fernandes Arcoverde Nóbrega;
– a vice-presidente da Federação Nacional dos Psicólogos, Fernanda Lou Sans Magano;
– a presidente do Sindicato de Psicólogas e Psicólogos do DF, Tamara Levi; e
– a presidente do Conselho Regional de Psicologia do DF, Thessa Guimarães.

 

0 Shares
You May Also Like