Projeto de Charles Bento visa combater a vacinação indevida em Goiás

0 Shares
0
0
0
0

O deputado Charles Bento (PRTB) apresentou na Assembleia Legislativa o projeto de lei n° 6972/21, que pretende proibir a prática da revacinação no estado de Goiás, em desacordo com a determinação das autoridades competentes.

O parlamentar explica que entende-se por revacinação indevida a conduta de quem se reapresenta ao posto de vacinação e recebe dose extra ou novo esquema vacinal com imunizante contra a covid-19 diverso, burlando o Plano de Vacinação. Segundo o deputado, isso não se aplicará em caso de eventual autorização pelo Poder Público para dose de reforço ou de comprovação de necessidade de dose extra.

“Esse meu projeto de lei visa combater as práticas de revacinação indevida no estado de Goiás, situações em que indivíduos já vacinados recebem doses extras, além daquelas necessárias para a sua imunização e que deveriam ser direcionadas ao restante da população” diz Charles Bento em seu texto.

Além do mais, o deputado explica que essa conduta acaba por atrasar o esquema vacinal e prejudicar toda a ordem cronológica de imunização em Goiás, sobretudo, em um contexto de preocupação com novas linhas linhagens e variantes da covid-19, em especial, a variante Delta, já dominante em algumas localidades do mundo e em rápida progressão em diversos estados do Brasil.

“Nesse sentido, é imprescindível que haja uma imunização completa da população, devendo a prática de revacinação ser punida e rechaçada, tendo a multa um caráter preventivo e pedagógico” conclui Charles.

0 Shares
You May Also Like