Reitor da UEG responde a questionamentos da presidente da Adueg e lê postagem do governador Ronaldo Caiado

0 Shares
0
0
0
0

A presidente da Associação dos Docentes da Universidade Estadual de Goiás (Adueg), Juliana Vasconcelos, lembrou que, desde 2020, a categoria busca melhorias para os professores e comunidade escolar junto ao Legislativo goiano. “Nossa luta é que os 2% sejam retornados para a UEG para garantir progressões e titulação ao corpo docente e pesquisa. Como será possível implementar isso dentro do orçamento de 2022?”, questionou.

A intervenção da professora foi durante a reunião híbrida da Frente Parlamentar em Defesa das Universidades que está em andamento na tarde desta segunda-feira, 27, com trabalhos conduzidos pelo presidente do colegiado, deputado Antônio Gomide (PT). Encontro tem lugar no auditório Solon Amaral da Alego.

Em resposta ao questionamento da professora Juliana Vasconcelos, o reitor da UEG, Antônio Cruvinel, fez a leitura de uma postagem publicada pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) em suas redes sociais. “A Educação é prioridade em nosso Governo. Depois de dar o maior orçamento da história da UEG, no valor de R$ 304 milhões, já incluí no orçamento de 2022 a progressão salarial aos seu docentes e técnicos. E, também, vamos fazer concurso em 2021 para 94 docentes no campus de Saúde de Itumbiara”, diz a postagem.

O reitor resumiu o pronunciamento do governador como uma boa notícia para a categoria e disse que: “isso é fruto de uma articulação e entendo a ansiedade das pessoas acerca da UEG. Essa é a resposta inicial para a professora Juliana”, frisou Antônio Cruvinel.

0 Shares
You May Also Like