Comissão que analisa produção de radioisótopos faz novo debate na próxima quinta

0 Shares
0
0
0
0
Depositphotos
Radioisótopos são usados para diagnóstico e tratamento de câncer

A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a produção de radioisótopos de uso médico pela iniciativa privada realiza nova audiência pública na próxima quinta-feira (14).

O colegiado analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 517/10, do Senado, que autoriza a iniciativa privada a produzir, sob regime de permissão, todos os radioisótopos de uso médico, quebrando o monopólio estatal no setor.

Hoje a iniciativa privada pode comercializar e utilizar apenas radioisótopos com meia-vida igual ou inferior a duas horas. Os outros radioisótopos só podem ser produzidos pelo Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), em São Paulo, e pelo Instituto de Engenharia Nuclear (IEN), no Rio de Janeiro.

No mês passado, no entanto, o Ipen, que é vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, suspendeu essa produção por falta de recursos. Alguns dias depois o Ministério da Economia liberou um crédito suplementar de R$ 19 milhões. Mas o Ipen afirma que precisa de R$ 89 milhões para o fornecimento de radioisótopos até o final deste ano.

Nesta quinta-feira (7), o Congresso Nacional aprovou um projeto que abre crédito suplementar de R$ 63 milhões para produção de radiofármacos. O texto ainda precisa ser sancionado pelo presidente da República.

A falta desses produtos pode prejudicar cerca de 2 milhões de pessoas.

Debatedores
Foram convidados para discutir o assunto com os deputados o representante do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI) contra-almirante Carlos André Coronha Macedo, e um representante da Amazul, entidade vinculada à Marinha do Brasil.

Desde 1979, a Marinha desenvolve um programa nuclear próprio em uma unidade localizada no município de Iperó (SP), cujo objetivo é construir um submarino de propulsão nuclear.

A audiência foi sugerida pelo relator da comissão especial, deputado General Peternelli (PSL-SP), e pelo deputado Zacharias Calil (DEM-GO)

A reunião será realizada às 9 horas, no plenário 13.

0 Shares
You May Also Like