Sérgio Bravo discute projeto da Governadoria que aumenta o número de Jaris

0 Shares
0
0
0
0

O deputado Sérgio Bravo (Pros) usou a tribuna durante a Ordem do Dia da sessão ordinária híbrida desta quarta-feira, 6, para se posicionar contra o projeto de lei nº 7272/21, da Governadoria do Estado. “Eu  não vou registrar o voto”, ponderou o parlamentar.

A propositura em questão altera a Lei nº 14.653, de 8 de janeiro de 2004, que institui a Junta Administrativa de Recursos de Infrações (Jari). A matéria propõe alterações também na Lei nº 14.654, de 8 de janeiro de 2004, que institui a Comissão de Defesa Prévia (Codep), integrante da estrutura organizacional da antiga Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop).

Na tribuna, Sérgio Bravo ponderou, ainda, que irá fazer um apanhado das obras realizadas pelo Governo de Goiás no município de Senador Canedo e apresentá-las à Casa de Leis. “Vou colocar o que foi feito pela atual gestão do governador Ronaldo Caiado (Democratas)”, frisou.

0 Shares
You May Also Like