Ao contrário de Caiado, Mendanha comparece ao 3⁰ debate

0 Shares
0
0
0
0
0
0

O candidato ao Governo de Goiás Gustavo Mendanha criticou mais uma ausência do candidato à reeleição Ronaldo Caiado, que até hoje não compareceu a nenhum dos debates entre os governadoriáveis promovidos para o pleito de 2022. Nesta quarta-feira (21), Caiado faltou ao evento promovido pelo jornal O Popular e rádio CBN, do grupo Jaime Câmara.

Os presentes lamentaram a postura de Caiado, que, em dez anos, foi o primeiro candidato líder de pesquisa que deixou de comparecer. Gustavo acredita que essa estratégia é a forma que o atual governador encontrou para deixar de responder sobre os problemas de gestão e sobre seus candidatos a Presidência da República e ao Senado Federal.

“Lamento o desrespeito do governador com o eleitor goiano mais uma vez. O que será que o candidato fantasma tem a esconder?”, questionou.

Nos últimos dias, o governador tem enfrentado problemas em diversas áreas com crises na distribuição energética, a perda da liderança do Ideb e o número alarmante de goianos que estão passando fome, todos noticiados pelos veículos do grupo.

Dentro dos temas pré-determinados, as perguntas buscaram apresentar propostas para resolver essas situações que vêm prejudicando a vida dos goianos.

Veja alguns dos posicionamento de Mendanha:

Combate à fome em Goiás

De acordo com Ministério de Desenvolvimento Social, 1,3 milhões de goianos estão abaixo da linha de pobreza. Mendanha disse que o melhor programa social é o emprego, mas para resolver de forma emergencial, o projeto é ampliar os programas sociais, por meio do aumento do benefício de R$ 250 por família para R$ 210 por pessoa, ou seja, uma família de 4 pessoas que hoje recebe R$ 250 passaria a receber R$ 840. O valor foi escolhido porque de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social para sair da linha de miséria, um cidadão precisa de R$ 210 por mês.

Combate à violência contra a mulher

Mendanha ressaltou a presença da mulher em seu governo por meio da figura de sua esposa Mayara, que é ex-secretária de Assistência Social de Aparecida, e que ajudará com políticas públicas para combater a violência a partir de dois pilares centrais: fortalecimento da patrulha Maria da Penha em todas as regiões do Estado e o incentivo para o empreendedorismo feminino a partir da oferta de créditos sem burocracia e cursos de capacitação profissional.

Mentiras Eleitoreiras de Caiado

Gustavo relembrou que o candidato ausente, Ronaldo Caiado, teve a informação desmentida pela Enel sobre a concessionária estar em processo de caducidade. Portanto, não é verdade que até o final do ano a Enel deixe de prestar serviço em Goiás. Ele apontou que Caiado se utiliza de mentiras para enganar o eleitor.

Infraestrutura

Segundo a Confederação Nacional dos Transportes, 65% das rodovias goianas estão com deficiências. O compromisso de Mendanha é recuperá-las dentro de programas de infraestrutura.
No plano de governo do candidato do Patriota, o projeto consiste em parcerias com o setor produtivo e a sociedade civil para execução de obras com aporte do governo.

Educação

No campo da educação, Mendanha convocou os professores e diretores a compararem os salários pagos pela rede municipal de Aparecida, desde que ele foi prefeito, com o que é oferecido pelo Estado. Além dos investimentos para os servidores públicos, ele criticou a retirada dos 2% destinados à UEG, comprometendo a manutenção da universidade. Ele também falou sobre a transformação de 147 escolas em unidades de tempo integral. Outra proposta é a implementação de escolas militares, principalmente em regiões de alta vulnerabilidade social.

A avaliação do candidato Gustavo Mendanha é que o terceiro debate foi positivo, apesar da falta de dois candidatos – além de Caiado, o professor Wolmir Amado (PT) também não compareceu -. Ele lamenta porque a proposta do debate é apontar o que não está bom e apresentar projetos com soluções. O próximo debate está previsto para esta sexta-feira (23), promovido pelo Mais Goiás.

0 Shares
You May Also Like