Bia de Lima promete mandato propositivo e voltado aos interesses dos trabalhadores

0 Shares
0
0
0
0
0
0

Em seu primeiro mandato como deputada estadual, a presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Goiás (Sintego), Bia de Lima (PT), afirmou que sua prioridade será a defesa de todos os trabalhadores, além da pauta da educação.
A deputada, eleita com 24.391 votos, foi mais uma convidada do programa “Eleições 2022 – Eleitos”, da TV Assembleia. Na entrevista, a sindicalista disse que, além das pautas prioritárias, também pretende atuar em outros segmentos, sempre com a postura de debater e dialogar, com os vários atores da sociedade. “Pretendo ser uma parlamentar muito atuante. A política é a arte da discussão, do diálogo. E eu quero ter a oportunidade de fazer as discussões, seja no Plenário, seja nas comissões. E não terei problema em debater com qualquer bancada, nem com temas difíceis, as pautas bombas. Existem demandas da sociedade que o Parlamento não resolve sozinho, por isso também vou buscar o diálogo com o Judiciário, com o Executivo, com o Ministério Público, com quem for preciso”, anunciou Bia de Lima.
A nova parlamentar também confirmou que, na Casa, estará na oposição ao governo estadual, mas garantiu que vai fazer uma oposição racional, buscando auxiliar em todos os assuntos que forem de interesse do povo goiano. “Eu sempre tive uma posição de muito respeito aos meus oponentes, mas eu não abro mão dos meus posicionamentos, que, muitas vezes, são posicionamentos da categoria que eu represento. E continuarei assim. No que eu entender que eu posso ajudar o estado, eu vou fazer, vou buscar o governo federal, se for preciso, vou levar o governador Ronaldo Caiado junto comigo. A minha oposição não será raivosa. Política se faz com o cérebro e não com o fígado”.
Integrar a Comissão de Educação, Cultura e Esporte é uma das metas de Bia, que considera ser um processo natural, por sua formação e atuação como professora da Rede Estadual de Educação e na Universidade Federal de Jataí. A deputada também idealiza a formação de uma frente parlamentar feminina, independente do partido, para discutir pautas referentes às mulheres, especialmente o combate à violência doméstica.
Também devem ser assuntos de interesse do mandato de Lima, temas que envolvem a igualdade racial, a juventude, o público LGBTQIA+, os servidores públicos e a agricultura familiar. Sempre na perspectiva das decisões debatidas e coletivas. “Eu dizia que minha candidatura não era minha, era nossa. Da mesma forma, o mandato não será meu, será nosso. Quero ser uma parlamentar que discute e que envolve os interessados nas discussões”, afirmou.
A entrevista de Bia de Lima, na íntegra, já está disponível na programação da TV Alego (canais 3.2 da TV aberta, 8 da NET Claro e 7 da Gigabyte Telecom), pelo site oficial do Parlamento estadual (portal.al.go.leg.br) e, ainda, pelo canal do Youtube.

0 Shares
You May Also Like