Brasileiro Feminino: Inter e Corinthians empatam em 1º jogo da final

0 Shares
0
0
0
0
0
0

Millene abriu o placar para as Gurias Coloradas no primeiro tempo e Jheniffer igualou no segundo. No duelo final, sábado que vem (24), na Neo Química Arena, em São Paulo, quem vencer leva o título – que seria o quarto do Timão e inédito para o Internacional. Um empate significa decisão nos pênaltis. E ainda há a expectativa por nova quebra de recorde. O Corinthians já convocou sua torcida para isso.

Fim de jogo! As Brabas empataram com o Internacional na primeira partida da decisão do @BRFeminino!

Internacional 1 🆚 1 Corinthians

⚽ Jheniffer

A partida de volta será no próximo sábado (24), na Neo Química Arena, às 14h.#InvasãoPorElas#RespeitaAsMinas#VaiCorinthians pic.twitter.com/cM5ZFMAZev

— Corinthians Futebol Feminino (@SCCPFutFeminino) September 18, 2022

Notícias relacionadas:

Em momentos opostos, Flamengo e Fluminense disputam clássico.Botafogo vence Coritiba em casa e dorme em 10º lugar no Brasileirão.Avaí derrota Atlético-MG por 1 a 0 no Brasileirão na estreia de Lisca.

Logo na sequência, Duda cobrou escanteio pela direita e acertou o travessão da equipe paulista.

Aos 31, no entanto, o gol enfim veio. Duda roubou a bola pela direita, avançou e cruzou rasteiro. Millene dominou já dentro da área, ajeitou o corpo e chutou para vencer Lelê e abrir o placar. Foi o oitavo gol da jogadora no campeonato.

Simplesmente Millene Fernandes! A artilheira colorada abriu o placar na final! 🇦🇹⚽️ #INTxCOR (1-0) #BrasileirãoFemininoNeoenergia

📸 Cris Mattos / Staff Images Woman / CBF pic.twitter.com/gbzlCp1xpm

— Brasileirão Feminino Neoenergia (@BRFeminino) September 18, 2022

No segundo tempo, os papeis se inverteram. Foi o Timão que se soltou e criou as melhores oportunidades. A primeira delas já foi suficiente para empatar. Aos 12 minutos, após lançamento longo pela direita, Jheniffer surgiu por trás da zaga e ganhou na velocidade para aparecer frente a frente com a goleira Mayara, tocando na saída dela para marcar.

Pouco depois, em chute de primeira da entrada da área, Gabi Portilho levou muito perigo ao gol colorado. O Inter ficou com dez depois da expulsão de Belinha por entrada violenta, aos 40 e se segurou com uma a menos até o fim. Ainda sofreu um pouco, já que aos 46 Vic acertou um chute não muito forte mas bem colocado que obrigou Mayara a fazer difícil defesa no canto direito. Mas tudo terminou igual.

QUE MANHÃ INCRÍVEL VIVEMOS NO BEIRA-RIO, TORCEDOR! ENTRAMOS PARA A HISTÓRIA! OBRIGADO, AS GURIAS MERECEM! 💪🏟️🇦🇹 #GiganteDasGurias

📸Staff Images Woman / CBF pic.twitter.com/71FkwWPfaF

— Sport Club Internacional (@SCInternacional) September 18, 2022

O Timão confia em sua solidez para conquistar o terceiro título brasileiro consecutivo e o quarto em cinco anos. A equipe só foi derrotada uma vez em 20 jogos nesta edição e está invicta em casa. Já o Internacional se apega ao bom desempenho em mata-matas recentes: tanto nas quartas (contra o Flamengo) quanto nas semis (diante do São Paulo), as Gurias Coloradas empataram no Beira-Rio e conseguiram avançar de fase por terem vencido as partidas fora de casa.

0 Shares
You May Also Like