Ceilândia faz 51 anos com muitas obras e R$120 milhões de investimentos

14 Shares
14
0
0
0
0
0

Maior cidade do Distrito Federal, Ceilândia completa 51 anos neste domingo (27). Uma programação variada já está acontecendo para celebrar o aniversário, após dois anos de pandemia e nada de homenagens. Os moradores também comemoram outros feitos: a cidade vem ganhando cada vez mais equipamentos públicos e melhorias do governo. Já são quase R$ 120 milhões investidos nas principais obras da região administrativa (RA).

Arte: Ascom / Ceilândia

Duas unidades de saúde e uma Casa da Mulher Brasileira foram algumas das recentes benfeitorias para os cerca de 500 mil moradores da cidade, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A Unidade Básica de Saúde 15 (UBS 15) foi erguida no Setor ‘R’ e atende também à população do Sol Nascente/Pôr do Sol. Já a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na Expansão do Setor ‘O’, nasceu moderna e com capacidade para receber até 4,5 mil pacientes por mês.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na Expansão do Setor ‘O’, nasceu moderna e com capacidade para receber até 4,5 mil pacientes por mês| Fotos: Paulo H. Carvalho
“Para quem não tinha nada, agora temos a 24ª delegacia de um lado, a UPA do outro, mais um quartel da PM. Tudo bem próximo” – Jackson de Souza, um dos prefeitos comunitários da Expansão

A reivindicação é antiga, segundo conta um dos prefeitos comunitários da Expansão, Jackson de Souza, 50. “É uma felicidade muito grande, pois nossos moradores não precisam mais procurar o HRC. Nem todos ônibus passam pelo hospital regional e lá é muito cheio”, revela. “A UPA é mais vazia e está dando conta do recado”, avisa o comerciante. O posto para atendimentos de emergência é o segundo da RA e teve um investimento de R$ 6,6 milhões.

Para Jackson, o equipamento público significa mais valorização para o bairro. “Para quem não tinha nada, agora temos a 24ª delegacia de um lado, a UPA do outro, mais um quartel da PM. Tudo bem próximo”, explica. “Ceilândia, como um todo, teve avanços muito grandes nos últimos anos”, complementa.

A tradicional Avenida Hélio Prates – que liga a RA a Taguatinga – também passa por uma reforma completa, com direito à ampliação e remodelação de calçadas e estacionamentos, pavimentação, ciclovias e paisagismo

A aposentada Meire Belo, 73 – a mais antiga moradora da QNQ (Ceilândia Norte) – é taxativa: ‘a cidade está bem cuidada’. Meire chegou a morar na antiga invasão do Iapi, que deu origem à Ceilândia no início dos anos 70. “Sou bem exigente, mas reconheço que a Administração tem trabalhado duro”, diz. “Aqui tem poda de árvores a toda hora, serviço de tapa-buracos, a CEB trocou todas as lâmpadas queimadas da QNQ. Somos a maior cidade-satélite do DF e ela hoje está bem amparada”, elogia a senhora.

“Nessa parceria (com o RENOVADF), conseguimos reformar mais de ⅓ dos parquinhos, quadras esportivas e Pontos de Encontro Comunitários. Isso representa mais de 40 espaços públicos revitalizados, levando mais lazer e atividades para a nossa população” – Fernando Fernandes, administrador regional de Ceilândia

A tradicional Avenida Hélio Prates – que liga a RA a Taguatinga – também passa por uma reforma completa, com direito à ampliação e remodelação de calçadas e estacionamentos, pavimentação, ciclovias e paisagismo. Ali é onde pulsa o comércio ceilandense e a primeira das quatro etapas da obra está em execução pelo governo, com um custo de R$ 14,3 milhões.

Mas não só as grandes intervenções. Os e spaços de lazer e esporte da RA também vêm sendo recuperados em ritmo acelerado, num trabalho conjunto com o projeto RENOVADF, da Secretaria de Trabalho, que oferece qualificação profissional e renova áreas públicas.

“Nessa parceria, conseguimos reformar mais de ⅓ dos parquinhos, quadras esportivas e Pontos de Encontro Comunitários (PECs)”, informa o administrador Fernando Fernandes. “Isso representa mais de 40 espaços públicos revitalizados, levando mais lazer e atividades para a nossa população”. Fernandes cita ainda o Setor de Indústria e Materiais de Construção que está sendo requalificado com obras de mobilidade, calçadas e infraestrutura.

Programação cultural e corrida

A comemoração do 51o aniversário já começou com uma apresentação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional, na Praça do Trabalhador, na última sexta-feira (25). Já o Centro de Cultura está oferecendo cursos de gestão e produção gratuitos. E, hoje, a partir das 19h, artistas locais se revezam com shows na Praça da Bíblia. Para os esportistas, segundo a Administração Regional, está prevista ainda uma corrida com os percursos de 5km e 10 km pelas ruas da cidade.

 

The post Ceilândia faz 51 anos com muitas obras e R$120 milhões de investimentos appeared first on Agência Brasília.

– link Read More

14 Shares
You May Also Like