Central de Orientação da Covid-19 completa dois anos e amplia perfil

0 Shares
0
0
0
0
0
0

Depois de dois anos de atuação e alcance de bons resultados nos serviços prestados, a Central de Orientação para Enfrentamento da Covid-19 (Cori) altera e amplia o perfil de atendimento e passa a ter nova denominação: Centro Estadual de Orientação e Monitoramento em Saúde, embora sob mesmo acrônimo.

A unidade, estruturada em 1º de abril de 2020 com o propósito de acolher, esclarecer, monitorar e encaminhar os casos de Covid-19, passa a atuar em demandas de teleorientação e telemonitoramento relacionadas à saúde em geral.

A mudança no perfil se dá em função do êxito do trabalho desenvolvido pela unidade e da atenuação dos índices da pandemia de Covid-19 em todo o Estado. Em dois anos, o Cori fez cerca de 11 mil atendimentos, entre acolhimento e monitoramento de casos. O Cori integra a estrutura organizacional da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) como unidade da Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa).

Ações
A nova denominação do Cori se deve à mudança em seu perfil. O diretor, Fabrício Pereira Montes, cita como exemplo de ações realizadas atualmente pela unidade o acompanhamento dos bebês prematuros, das gestantes que apresentam síndrome gripal e, ainda, das pessoas que fizeram tentativa de autoextermínio.

“Fazemos questão de acompanhar, monitorar e encaminhar essas pessoas com o propósito de assegurar a continuidade do tratamento e a diminuição da possibilidade de intercorrências”, assinala Fabrício Montes. O Centro de Informação Toxicológica (Ciatox), responsável por repassar informações sobre os diversos tipos de intoxicação aos profissionais de saúde e população em geral, também passa a integrar a estrutura do Cori.

Maria José Silva/Comunicação Setorial

O post Central de Orientação da Covid-19 completa dois anos e amplia perfil apareceu primeiro em Agência Cora Coralina de Notícias.

LINK Read More

0 Shares
You May Also Like