Cerimônia marca lançamento da campanha de vacinação contra a gripe

0 Shares
0
0
0
0
0
0

Em cerimônia realizada nesta segunda-feira (4), em Brasília, foi lançada a Campanha Nacional de Vacinação Contra Gripe e Sarampo. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e representantes do ministério apresentaram os objetivos e metas da iniciativa, que vai até junho. O Dia D, principal data de mobilização da campanha, foi marcado para o dia 30 de abril.

Marcelo Queiroga destacou a importância da campanha para sensibilizar a população sobre a importância da imunização. “A vacinação é dever do Estado e direito dos brasileiros. Campanha promoverá conscientização da população. Já pagamos preço no passado por doenças que eram evitáveis”, disse.

Segundo o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério, Arnaldo Medeiros, o público-alvo a ser imunizado contra a influenza totaliza 77,9 milhões de pessoas. A meta do ministério é imunizar 90% desses cidadãos. A primeira etapa teve início hoje a vai até o dia 30 de abril.

Nesse primeiro momento, o foco será os trabalhadores de saúde e os idosos, com idades de 60 anos ou mais. A segunda etapa vai de 2 de maio a 3 de junho. Nessa fase, serão contemplados crianças de 6 meses a 5 anos de idade, gestantes, puérperas, povos indígenas, professores, pessoas com deficiência, caminhoneiros, pessoas com comorbidades, trabalhadores de transporte coletivo, rodoviário e portuário e forças de segurança.

As doses serão trivalentes, que garantem imunização contra três variantes do vírus influenza, a H1N1, a H3N2 e a influenza B. Foram adquiridos mais de 80 milhões de doses, que serão distribuídas aos estados.

Sarampo

A vacinação contra o sarampo, que também faz parte da campanha, tem como público-alvo os trabalhadores da saúde e crianças com idades entre 6 meses e 5 anos, que somam 18,8 milhões de pessoas, sendo 5,8 milhões profissionais da saúde e 13 milhões crianças dentro da faixa etária estabelecida. A meta é imunizar 95% desse universo de pessoas.

A população deve buscar as unidades de saúde para se vacinar. Cada município organizará os locais que disponibilizarão a imunização contra a influenza e o sarampo. É importante que os cidadãos procurem se informar nas secretarias de Saúde e nas unidades de saúde perto de onde moram ou trabalham.

Covid-19

O ministro Marcelo Queiroga lembrou que a vacinação contra a covid-19 continua e que a campanha de imunização contra o coronavírus é fundamental para vencer a situação de emergência sanitária no Brasil.

Ouça na Radioagência Nacional:

– link Read More

0 Shares
You May Also Like