Com 3 brasileiros, janela de competições do WSL Finals começa nos EUA

0 Shares
0
0
0
0
0
0

Com a participação de três brasileiros, começa nesta quinta-feira (8), a partir das 11h (horário de Brasília), a janela de competições (que vai até o próximo dia 16) do WSL Finals, etapa realizada em San Clemente, Califórnia (EUA), e que definirá os grandes campeões do Circuito Mundial de Surfe.

Estamos cada vez mais perto! 🌊🏆 Diz aí, quais serão os campeões mundiais de 2022? 🗣️👇

🚨 Primeira chamada é nesta 𝐐𝐔𝐈𝐍𝐓𝐀-𝐅𝐄𝐈𝐑𝐀, dia 8, às 11h
📺 Assista em https://t.co/hRoBt09QSY #WSLBrasil pic.twitter.com/Fw5W2edTaD

— WSL Brasil 🇧🇷 (@WSLBrasil) September 6, 2022

Esta é a segunda oportunidade na qual é organizada uma etapa especial com os títulos sendo disputados entre os top-5 e as top-5 do ranking, em um sistema de baterias mata-mata, no melhor dia do mar nas ondas de alta performance da praia de Lower Trestles.

O Brasil chega forte à disputa, com três representantes, dois entre os homens (Filipe Toledo e Italo Ferreira) e uma entre as mulheres (Tatiana Weston-Webb), todos com experiência no Finals, pois participaram da primeira edição, no ano passado. A grande ausência é Gabriel Medina, que garantiu o título masculino em 2021.

Agora o brasileiro melhor posicionado na disputa é Filipe Toledo, que, como atual líder do ranking masculino, só cairá na água para disputar a grande decisão: “Estou muito feliz por estar de volta, muito feliz por disputar o WSL Finals novamente. No ano passado, a primeira final foi muito legal. Sou abençoado por estar de volta aqui, por estar de volta em casa com minha família e amigos, e fazer o que amo, que é surfar. Mal posso esperar”.

Forma de disputa

O WSL Finals será em sistema mata-mata, definindo desta forma os campeões mundiais de 2022. Os líderes dos rankings terão a maior chance e decidirão os títulos em uma melhor de três baterias. No masculino, Italo Ferreira será o primeiro brasileiro a competir no WSL Finals e seu adversário será o japonês Kanoa Igarashi. Quem vencer mede forças com o terceiro colocado do ranking, o australiano Ethan Ewing. Aquele que sair vencedor da segunda eliminatória terá pela frente Jack Robinson, da Austrália. E a partir desse terceiro embate será definido quem fará a final, em uma melhor de três, com Filipe Toledo.

The WSL Final 5 is set, now onto Lower Trestles for the second-ever #RipCurlWSLFinals. 🏆 pic.twitter.com/Yqf1FXPwhl

— World Surf League (@wsl) August 22, 2022

Entre as mulheres a disputa começa com a bateria entre a australiana Stephanie Gilmore e a costa-riquenha Brisa Hennessy. A vencedora terá pela frente a brasileira Tatiana Weston-Webb. Deste embate sairá a adversária da francesa Johanne Defay. E, nesta terceira eliminatória, será definida a surfista que disputará a decisão, em uma melhor de três, com a norte-americana Carissa Moore.

The WSL Final 5 is set, now onto Lower Trestles for the second-ever #RipCurlWSLFinals. 🏆 pic.twitter.com/OIt5kyXnoH

— World Surf League (@wsl) August 22, 2022

0 Shares
You May Also Like