Confira como foi o dia dos candidados à Presidência

0 Shares
0
0
0
0
0
0

Os candidatos à disputa do segundo turno presidencial, Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro, tiveram compromissos neste domingo (9). Enquanto Bolsonaro focou em entrevista para as redes sociais, Lula fez caminhada no centro de Belo Horizonte.

O candidato à reeleição à Presidência da República, Jair Bolsonaro, disse em entrevista que foi transmitida pelos canais Pilhado e Paulo Figueiredo que decidirá sobre o aumento do número de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) apenas após as eleições. Caso a proposta siga em frente, Bolsonaro disse que precisará do apoio do Congresso. “Se não for possível descartar, você vê como é que fica. Você tem que conversar com o Senado também a aprovação de nomes. Você tem que conversar com as duas Casas a tramitação de uma proposta nesse sentido”, acrescentou o candidato.

Em mais de quatro horas de entrevista veiculada ao vivo pelo YouTube, o candidato reafirmou que tornará permanente o Auxílio Brasil no valor de R$ 600. A medida não consta do Orçamento da União para o próximo ano.

Lula

Notícias relacionadas:

Checadores do TSE vão identificar fake news enviadas por eleitores.Em mais de quatro horas de entrevista veiculada ao vivo pelo YouTube, o candidato reafirmou que tornará permanente o Auxílio Brasil no valor de R$ 600. A medida não consta do Orçamento da União para o próximo ano.

Segundo Lula também será feito um levantamento das obras que estão atualmente paralisadas para que possam ser retomadas. “Nós estamos fazendo um levantamento de todas essas obras. E nós vamos começar a reconstrução do país por essas obras”, acrescentou.

O candidato quer reforçar o papel dos bancos públicos no financiamento de obras e do empreendedorismo. “Nós vamos fazer com que o BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social] volte a ser um banco de investimento no desenvolvimento. Muito investimento do BNDES, do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal, porque nós precisamos retomar o Minha Casa, Minha Vida e investimento em saneamento básico nesse país e urbanização de favelas”, destacou.

O candidato quer ainda incentivar a criação de cooperativas. “Nós vamos fazer com que as pessoas que queiram se organizar para trabalhar e produzir e ganhar coletivamente, nós vamos facilitar”, enfatizou.

0 Shares
You May Also Like