Deputado defende criação de Dia do Guia de Turismo para ressaltar importância de contratar profissionais habilitados

0 Shares
0
0
0
0
0
0
Vinicius Loures/ Câmara dos Deputados
Deputado Bismarck preside o debate sobre guias de turismo

A Comissão do Turismo da Câmara dos Deputados debateu nesta quarta-feira (23) a criação do Dia Nacional do Guia de Turismo, a ser celebrado em 10 de maio, como ferramenta para aumentar a conscientização sobre a importância de se contratar profissionais habilitados.

A presidente da Associação Brasileira dos Guias de Turismo, Denise Guimarães, pediu aos parlamentares mais fiscalização das pessoas que atuam na área, já que a profissão de guia é regulamentada e precisa de capacitação.

Já a representante do Ministério do Turismo no debate, Tamara Barros, explicou as dificuldades da fiscalização. Para ela, conscientizar os turistas ajudará a cortar o problema pela raiz, reduzindo o número de guias não capacitados.

“Temos uma certa dificuldade porque na hora que a gente chega para fiscalizar, esses profissionais não habilitados usam o WhatsApp e se evadem da localidade. Então, a conscientização do turista é muito importante”, disse Tamara.

“Nós estamos alinhados com esse pensamento do combate ao guia não credenciado, para que haja treinamento e para que a gente possa incentivar e divulgar a importância da contratação dos guias turísticos do Brasil”, disse o deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE), que pediu a realização da audiência.

Para Bismarck, a criação de uma data comemorativa serve para conscientizar o turista sobre a necessidade de contratar guias capacitados. “Quando a gente consegue comemorar e tem a lei, a gente joga um holofote em cima da categoria dos guias turísticos.”

Bismarck adiantou que apresentará uma proposta para criar o Dia Nacional do Guia de Turismo.

Como lembrou a representante da Federação Nacional dos Guias de Turismo, Adriana Perdiza, no dia 10 de maio já é comemorado o Dia do Guia de Turismo de maneira simbólica entre os profissionais da área.

A Lei 12.345/10 determina que a instituição de datas comemorativas seja objeto de projeto de lei, acompanhado de comprovação da realização prévia de consultas e audiências públicas com amplos setores da população.

0 Shares
You May Also Like