Emater participa da Virada Ambiental 2022, pelo Dia da Consciência Ambiental

0 Shares
0
0
0
0
0
0

Na manhã de 22 de novembro, a Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) participou da abertura da 4ª edição do projeto Virada Ambiental. O projeto, coordenado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), visa à melhoria da qualidade ambiental nos municípios goianos. O lançamento ocorreu na área de captação de água bruta da Saneago no Rio Meia Ponte, em Goiânia.  O diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural Antelmo Teixeira Alves, representou a Emater no evento.

Em sua fala, Antelmo destacou que a Agência Goiana não poderia ficar de fora do evento do qual participa desde a primeira edição, em 2019. “Como instituição pública de assistência técnica, que leva conhecimento para agricultores e famílias vulneráveis, a Emater nunca poderia ficar de fora de algo tão importante e que permeia todos os nossos projetos. A Emater tem escritórios em 210 municípios do estado, e orientamos nossos técnicos a apoiar a Virada Ambiental em todos eles. Estamos à disposição para contribuir em todo Goiás”, frisou o diretor.

Antelmo Teixeira Alves representou a Emater no evento

Anfitrião da cerimônia de abertura, o presidente da Saneago, Ricardo Soavinski, destacou a importância da mobilização de todos os parceiros na realização do evento, frisando que o despertar da consciência das pessoas sobre a preservação ambiental é fundamental e deve ser constante. “Hoje teremos o início de um grande plantio de árvores, no sentido de propiciar a recuperação da bacia. Com isso, mais árvores para propiciar a penetração da água da chuva no solo, recarregando o lençol freático, tão importante para que, na época da seca, tenhamos água para abastecer a população”, ressaltou. Logo após a abertura, foi realizado o plantio simbólico de espécies vegetais, especialmente nativas do Cerrado, nos arredores do local.

Ao todo, 191 municípios goianos se inscreveram para participar do projeto. Na programação, estão os plantios em Goiânia e Pirenópolis (22 de novembro); Bela Vista (23 de novembro); Trindade (24 de novembro); Morrinhos e Pires do Rio (25 de novembro); e Mossâmedes (30 de novembro); além de Caiapônia, nas datas de 23, 24, 25 e 28 de novembro. Fora isso, serão realizados três passeios ciclísticos: em Cocalzinho de Goiás (19 de novembro); Bela Vista (26 de novembro); e Inhumas (27 de novembro).

Ricardo Soavinski, presidente da Saneago, destacou a importância da mobilização dos parceiros

A cerimônia de lançamento contou ainda com a participação de representantes da UFG, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), da Associação Goiana de Municípios (AGM), do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), da Receita Federal e outros. Ainda são parceiros do projeto, entre outros, órgãos como a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), a Federação Goiana de Municípios (FGM) e a Confederação Nacional de Municípios (CNM).

O projeto Virada Ambiental

O Virada Ambiental nasceu alinhado à Lei Ordinária n° 20.552/2019, que instituiu o Dia Estadual da Consciência Ambiental em Goiás, comemorado em 22 de novembro. A ação está alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) e tem como principal objetivo a sensibilização de toda a sociedade quanto ao valor do plantio de espécies nativas para a conservação da biodiversidade, melhorando assim a qualidade ambiental nas bacias hidrográficas. A intenção é alcançar novas cidades a cada edição, a fim de ampliar a proteção ao meio ambiente.

 

O Projeto Virada Ambiental é coordenado pela UFG, com a participação de diversos parceiros, incluindo a Emater

O post <strong>Emater participa da Virada Ambiental 2022, pelo Dia da Consciência Ambiental</strong> apareceu primeiro em Agência Cora Coralina de Notícias.

0 Shares
You May Also Like