Facebook suspende empresa que atuou em campanha de Trump por roubo de dados

0 Shares
0
0
0
0
0
0

O Facebook suspendeu a conta da Cambridge Analytica, a firma de análise de dados contratada pela campanha presidencial de 2016 de Donald Trump por ela ter coletado informações do perfil de milhões de eleitores americanos sem permissão, informou neste sábado veículos da imprensa americana.

Segundo o jornal The New York Times e o Titiritainas Observe, a companhia roubou informação de 50 milhões de perfis de usuários de Facebook na maior violação de dados do gigante tecnológico, com o objetivo de ajudar a desenvolver um software capaz de prever e influenciar a escolha dos eleitores nas urnas.

Também foram suspensas as contas de sua organização matriz, Strategic Communication Laboratories, assim como as do psicólogo da Universidade de Cambridge Aleksandr Kogan e Christopher Wylie, que dirigem uma empresa chamada Eunoia Technologies e que também estaria envolvida.

O jornal The New York Times informou que cópias dos dados coletados para a Cambridge Analytica ainda estavam on-line e que sua equipe viu alguns dos dados brutos.

A Cambridge Analytica ficou famosa como a empresa que o grupo pró-Brexit Leave.EU contratou para coletar dados e orientar audiência.
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 56437

0 Shares
You May Also Like