Governo de Goiás dá nome próprio para cinco escolas de Planaltina

0 Shares
0
0
0
0
0
0

A comunidade escolar de cinco unidades da rede pública estadual de ensino em Planaltina, no entorno do Distrito Federal (DF), comemoram uma conquista histórica nesta semana. As escolas estaduais que antes se chamavam Complexo 01, 03, 05, 07 e 10 receberam nomes próprios no dia 21 de março, por meio da Lei nº 21.257. Veja a lista com os novos nomes abaixo:

Lista de colégios estaduais de Planaltina que tiveram seus nomes trocados

Escola Estadual Cívico-Militar Professora Lourdete de Fátima de Paiva Sutir (antigo Colégio Estadual Complexo 10)Colégio Estadual Alfa (antiga Escola Estadual Complexo 01)Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Evolução (antiga Escola Estadual Complexo 03)Colégio Estadual Albert Einstein (antiga Escola Estadual Complexo 05)Colégio Estadual Sete Leste (antiga Escola Estadual Complexo 07)

Identidade e dignidade

Segundo o gerente de Regularização e Normatização Escolar da Seduc, Osvaldo Jefferson da Silva, a troca dos nomes teve o objetivo de remover a associação das escolas com complexos presidiários.

“A gente quis tirar as escolas dessa imagem de marginalidade”, explicou o gerente. A mudança de nome significa identidade própria e dignidade para os alunos, pais e professores de cada colégio. “Outra coisa que contribuiu foi essa reforma que teve em todas as escolas com os recursos do programa Reformar. Deu uma cara nova, de alegria, de vida”, afirmou Jefferson.

Novos nomes foram escolhidos pela comunidade

A gestora do Colégio Estadual Sete Leste (antiga Escola Estadual Complexo 07) contou que a troca do nome era uma demanda antiga da unidade, que está em funcionamento há 32 anos, e foi recebida com muita alegria pela comunidade escolar.

“Alguns já tinham se acostumado, mas muitos ainda tinham receio da palavra complexo por lembrar os presídios. O nome Sete Leste foi escolhido pelos próprios professores, para homenagear o bairro, que é muito grande aqui em Planaltina”, afirmou a gestora  Elisangela Galvão.

O Colégio Estadual Sete Leste possui, atualmente, 1400 alunos matriculados e já está com novo nome exibido na fachada do muro.

Já a Escola Estadual Cívico-Militar Professora Lourdete de Fátima de Paiva Sutir escolheu esse nome para homenagear uma antiga professora e diretora do colégio, que faleceu em 2013 após lutar contra o câncer.

“Foi generosa com todos da família, amigos, e tenho certeza que foi igualmente generosa com seus alunos e amigos da escola. Em tempos que carecemos tanto de bons exemplos, essa homenagem nos enche de orgulho de termos convivido com ela e manter viva sua memória será muito bom para a escola”, relatou o irmão de Lourdete, Júlio Paiva, em biografia da professora.

Escolas com nome de Complexo funcionavam desde 1986

Segundo a gestora do Colégio Estadual Sete Leste, os antigos nomes das escolas foram instituídos quando as unidades escolares passaram a ofertar, além do Ensino Fundamental, o Ensino Médio. Por conta dessa ampliação do ensino, os colégios em questão foram entitulados como “complexos”. Das unidades que receberam novos nomes, duas foram fundadas em 1986, duas em 1990 e uma em 1998.

O post Governo de Goiás dá nome próprio para cinco escolas de Planaltina apareceu primeiro em Agência Cora Coralina de Notícias.

LINK Read More

0 Shares
You May Also Like