Hidrolândia e Abadia entram para lista de municípios atendidos pelo Aluguel Social

0 Shares
0
0
0
0
0
0

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), abre inscrições do programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social para os municípios de Hidrolândia e Abadia de Goiás. Com a inclusão, o Estado passa atender ao todo 43 municípios com a iniciativa até o momento. Para Hidrolândia serão inicialmente 150 benefícios entregues e em Abadia serão 200. As inscrições devem ser feitas pelo site: www.agehab.go.gov.br, onde também está disponível o edital com os critérios para se candidatar.

De acordo com o presidente da Agehab, Pedro Sales, o projeto do Aluguel Social é um exemplo de como o Governo de Goiás investiu fortemente na área social para atender especialmente a parcela da população que mais sofre com as consequências das crises sanitária e econômica dos últimos dois anos. “Somando-se a outros projetos do Goiás Social, coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais, o programa de auxílio habitacional visa olhar justamente para quem mais está precisando neste momento”, reitera Sales.

Com objetivo inicial de contemplar ao menos 30 mil lares goianos, em pouco mais de quatro meses o Aluguel Social já atingiu na última semana a marca de 12 mil famílias convocadas para buscarem seus cartões e darem início ao processo de recebimento dos recursos. O programa garante segurança habitacional em alcance imediato às famílias em situação de superendividamento familiar e que ainda não têm moradia própria. Os recursos são provenientes do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege).

O Aluguel Social é concedido pelo prazo de 18 meses, com acompanhamento social, estímulo ao autossustento e à recolocação no mercado de trabalho. A atuação do Governo de Goiás é correlacionada a outras ações de políticas sociais para qualificação profissional, empreendedorismo, geração de renda, planejamento e educação financeira. “O Estado precisa olhar para quem mais precisa, estruturar e manter programas de suporte para que a retomada seja da melhor maneira possível”, pontua Pedro Sales.

Inscrições

Para se inscrever, a família tem que estar com o CadÚnico atualizado, morar há pelo menos três anos na cidade e estar em vulnerabilidade social. Também podem participar bolsistas do Probem e estudantes da UEG. É preciso ainda comprovar um dos seguintes requisitos (basta comprovar um): idoso, deficiente, família só com pai ou mãe, moradia improvisada, renda comprometida com aluguel (50%) ou outras dívidas formais (75%), vítima de violência doméstica, nome negativado, ter pleiteado imóvel em programa habitacional da Agehab sem ter sido beneficiado ou receber outro benefício social estadual.

O post Hidrolândia e Abadia entram para lista de municípios atendidos pelo Aluguel Social apareceu primeiro em Agência Cora Coralina de Notícias.

LINK Read More

0 Shares
You May Also Like