Jogos Escolares Brasileiros reúnem estudantes para disputas em 17 modalidades

0 Shares
0
0
0
0
0
0

Mais de 5,6 mil estudantes de todo o país se reúnem no Rio de Janeiro para as competições dos Jogos Escolares Brasileiros (JEBs) 2022. As competições tiveram início na quarta-feira (02/11) e ocorrerão até 14 de novembro em 17 modalidades como judô, xadrez, natação e basquete. Os participantes são estudantes-atletas de 12 a 14 anos. 

Esta primeira semana tem disputa por medalhas em oito modalidades com os estudantes-atletas da ginástica artística, judô, caratê, taekwondo, xadrez, basquete, futsal e vôlei de praia. O Parque Olímpico da Barra, palco dos Jogos Rio 2016, será o principal centro das competições dos JEBs. Também haverá provas no Complexo Esportivo da Universidade da Força Aérea (Unifa) e na Arena da Juventude, no Complexo Esportivo de Deodoro, Zona Norte carioca. 

Os Jogos Escolares Brasileiros buscam ser a base inicial da formação esportiva no país, incentivando e desenvolvendo o esporte escolar. São realizados pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE) em parceria com a Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. Considerando os árbitros, técnicos, delegados de quadra, colaboradores e estudantes-atletas, são quase 8 mil pessoas envolvidas com o megaevento.

Ao longo da competição, a Secretaria terá estandes para apresentar, por exemplo, vivências paralímpicas e atividades do programa Integra Brasil. 

As modalidades que fazem parte do JEBs 2022 são: badminton, ginástica artística, ginástica rítmica, xadrez, tênis de mesa, vôlei, basquete, futsal, handebol, judô, taekwondo, caratê, wrestling, vôlei de praia, atletismo, ciclismo e natação. Também serão realizadas provas de atletismo paralímpico e demonstradas disputas de surfe, skate e break dance. Dentre os 5.658 inscritos, 2.839 são meninas e 2.819 meninos. 

Já foram realizadas 18 edições dos JEB’s, de 1976 a 2004. Após 17 anos parado, o evento voltou a ocorrer em 2021. 

Acesso ao auxílio esporte 

A competição serve como critério para indicação ao Auxílio Esporte Escolar para os atletas, de famílias em condição de vulnerabilidade, inscritos no Auxílio Brasil. Esse é um dos benefícios complementares previstos no programa de transferência de renda do Ministério da Cidadania. 

O Auxílio Esporte Escolar prevê doze parcelas de R$ 100 para incentivar a criança a seguir praticando a atividade esportiva e uma parcela anual de R$ 1 mil para a família. Isso somado ao valor mínimo mensal de R$ 600 a que cada família do Auxílio Brasil tem direito. Em 2021, um total de 1.405 estudantes-atletas receberam o benefício.

Além disso, os resultados servem para indicar os medalhistas para a categoria Estudantil do Bolsa Atleta, programa voltado para o esporte de alto rendimento da Secretaria Especial do Esporte. 

Os Jogos Escolares serão, ainda, base para definir a delegação que vai representar o Brasil nos Jogos Sul-Americanos Escolares, que estão previstos para ocorrer no fim do ano, em Brasília (DF).

O canal da CBDE no Youtube está transmitindo as disputas ao vivo. Confira

0 Shares
You May Also Like