12 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real
 

...

...

 Obras de Niemeyer ganham exposição interativa em São Paulo - Jornal Brasil em Folhas - Mobile
Obras de Niemeyer ganham exposição interativa em São Paulo

Uma exposição interativa em São Paulo proporciona uma imersão na obra do arquiteto Oscar Niemeyer, um dos mais premiados profissionais da área no século passado. A mostra ocupa área de mais de 250 metros quadrados e é dividida em seis temas e apresenta diferentes características da obra de Niemeyer, narradas na própria voz do arquiteto. A exposição sensorial é totalmente gratuita e fica aberta até 19 de agosto no Shopping Pátio Higienópolis, na zona oeste de São Paulo.

Croquis, fotos de suas obras prontas, recursos cenográficos, visuais e áudio estão presentes nas seis estações temáticas da exposição: Um Sopro, Praça das Curvas, Mente Criativa, Sentindo as Formas, Viagem Imersiva e Partilha de Experiência.

Entre as obras presentes destacam-se o Conjunto Ibirapuera, o Edifício Copan e o Memorial da América Latina, em São Paulo; o Conjunto Arquitetônico de Brasília; o prédio das Nações Unidas, em Nova York, e a sede do Partido Comunista Francês, em Paris, além de desenhos, gravuras, móveis, esculturas e livros. O arquiteto morreu em 2012, aos 104, no Rio de Janeiro.

Estações

No trecho denominado Um Sopro, o visitante conta com recursos de vídeo e áudio, e encontra croquis que se “constroem” aos olhos de cada um. Tudo é narrado pelo próprio Niemeyer, que mostra sua forma de criar por meio dos croquis do Conjunto Ibirapuera, do Palácio do Planalto, em Brasília, do Memorial da América Latina e do Edifício Copan, em São Paulo, e do Centro Cultural de Le Havre, em Paris.

Na Praça das Curvas, a cenografia leva o visitante a um espelho d’água com cinco réplicas de 1 a 15 metros de altura e croquis. A imagem central é a gravura da mão com a flor. As outras fazem parte de quatro fases diferentes da obra do arquiteto: Conjunto da Pampulha, em Belo Horizonte, Brasília, Internacional e Projetos Mais Recentes.

Já o espaço Mente Criativa traz projetos desenhados, mas não executados ou executados recentemente. Na exposição, esses projetos estão guardados em uma gaveta virtual e, ao abri-la, o visitante vê obras como o Museu de Arte Moderna, em Caracas, Ponte em Veneza e Mesquita em Argel.

Na quarta parte da mostra, o visitante pode tocar os traços, formas e texturas do arquiteto. Na estação Sentindo as Formas, estão as obras do Congresso Nacional e do Palácio da Alvorada, em Brasília; Praça da Apoteose (Sambódromo), no Rio de Janeiro, a sede da Editora Mondadori, em Milão, na Itália, do MAC, em Niterói (RJ) e da Igreja São Francisco de Assis, em Belo Horizonte, foram transformados em esculturas e em alto-relevo.

Na Viagem Imersiva, o visitante participa de um voo virtual em um drone do qual vê 10 obras de Niemeyer nas cidades do Rio de Janeiro e de Niterói. Na sexta e última etapa da exposição, a Partilha de Experiências, há um cenário com textos e fotos sobre a vida e a obra de Oscar Niemeyer. As imagens poderão ser captadas por aplicativos de celulares para memória dos visitantes.

Edição: Nádia Franco





© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A
CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212

VERSÃO WEB